Análise: oscilação no Campeonato Brasileiro prejudica o Internacional

O Internacional encontra dificuldade para engrenar uma sequência de vitórias no Brasileirão. Apesar do bom desempenho atuando no Beira-Rio, a equipe não vence longe de casa a seis jogos. A dificuldade para se ter um padrão na escalação é um dos fatores para essa oscilação.

Sem perder jogando em casa a dez partidas, o Inter têm a quinta melhor campanha de mandante no Brasileirão, com 60% de aproveitamento. A última vez que o Inter saiu derrotado jogando em casa se deu para o São Paulo em julho.

Para saber tudo do Internacional, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook. E se inscreva no nosso YouTube!

Por outro lado, a equipe atingiu na derrota para o Cuiabá na última quarta-feira (17), o sexto jogo sem vencer fora do Beira-Rio. O último triunfo foi diante do Sport em setembro. O desempenho como visitante incomodou o técnico Diego Aguirre, que na entrevista coletiva falou sobre a oscilação do time.

-Nós parecemos diferentes quando jogamos em casa e fora. A postura não é a mesma. A intensidade também não. Isso não deveria acontecer, mas está acontecendo. Agora, temos um jogo contra o Flamengo (em casa) onde temos que ganhar. Depois, tem o Fluminense (fora), onde também temos de ganhar pontos. Sem ganhar pontos fora de casa vai ser difícil conseguir o objetivo. Estou preocupado. Estamos bem, mas fora o time parece outro .- disse Diego Aguirre.

Aguirre encontra dificuldade para repetir a escalação tida como ideal por conta de convocações e suspensões. O Internacional é a equipe mais levou cartões vermelhos na Brasileirão.

O Internacional é sétimo colocado do Brasileirão com 47 pontos. No sábado (20) às 21h30 a equipe recebe o Flamengo em duelo válido pela 34ª rodada. Uma vitória pode colocar o Inter no G6.