Após derrota do Fluminense, Marcão sai em defesa de Danilo Barcelos: ‘Tem o apoio de todos nós’

O Fluminense perdeu para o Fortaleza, nesta quinta-feira (6) no Maracanã. A partida válida pela 24a rodada do Brasileirão terminou de 2×0 para o time visitante e desagradou torcedores tricolores no primeiro jogo com portões abertos ao público desde o ano passado. O treinador Marcão deu uma entrevista coletiva ao final da partida e comentou, principalmente, sobre o desempenho da equipe no jogo, a influência do volta da torcida no elenco e sobre exibições individuais, especialmente a de Danilo Barcelos, jogador que vem sendo bastante criticado pelos torcedores.

Os dois gols da partida foram marcados em escanteios, ponto forte da equipe cearense. Marcão elogiou o time e avaliou esse aspecto no jogo de hoje:

“A gente sabia que a equipe deles tem um bom aproveitamento das bolas paradas. Hoje o detalhe foi contra a nossa equipe. É treinar mais, organizar mais para que não aconteça nas próximas partidas. Eles (jogadores) se cobraram já sobre isso, pelo que aconteceu, realmente eles sabiam. […] Foi um jogo grande, jogo forte, equipe do Fortaleza está muito bem. Parabéns que aproveitaram as bolas paradas. E a nossa equipe é só se organizar que sábado já tem uma uma outra partida, outra batalha.”

+ Fred lamenta derrota do Fluminense em casa para o Fortaleza: ‘A gente se desorganizou’

O técnico foi questionado sobre as escolhas do banco de reservas, as substituições feitas e defendeu os garotos da base:

“A gente teve alguns dias de trabalho onde esses que vieram fizeram uma semana muito proveitosa e nos deu a condição de trazê-los. O Abel (Hernández) e Raul (Bobadilla) também fazem as funções, o John (Kennedy) faz uma função parecida com Abel de movimentação. A gente não conseguiu colocá-lo. Em algum momento a gente pensou também em colocar mais um homem na frente, caso o Fred baixasse um pouco de produção no final, mas ele conseguiu aguentar até o final. E os meninos que produziram muito por dentro a gente teve que tirar e jogar com esses dois homens de frente. Mas é continuar, é trazer esses meninos pra gente que, vocês que nos acompanham, sabem que eles estão produzindo também. […] São meninos talentosos e vem tendo um acompanhamento muito bom dos nossos profissionais e eu tenho certeza que a adaptação vai ser muito rápida.”

Marcão destacou a importância da torcida no estádio e fez um apelo para que os torcedores marquem presença nos próximos jogos:

“(Vou) pedir de novo para que o nosso torcedor venha no sábado, que apoie de novo esses meninos que vão precisar muito deles nesse reta final de Campeonato Brasileiro. A gente apoia 100% que ele esteja aqui nos cobrando, incentivando, para que a gente possa jogar junto com eles e buscar sempre a vitória.

+ Atuações ENM: Fluminense decepciona em reencontro com torcida e perde invencibilidade com Marcão

A derrota para o Fortaleza marcou o fim da invencibilidade de 15 jogos do treinador no Brasileirão, mas o ex-volante garante estar de cabeça erguida:

“A gente sabe que o Campeonato Brasileiro é muito difícil. A gente realmente a gente fica feliz pela pela marca até aqui alcançada, a gente sabia que em algum momento ia ter um revés, mas com com a segurança que esse grupo joga muito junto, hoje a gente sofre bastante pelo resultado, por por nossa equipe não ter conseguido dar essa vitória pro nosso torcedor, mas que amanhã a gente já volta pensando no próximo jogo e vamos começar tudo de novo.”

Por fim, o técnico foi perguntado sobre a exibição de Danilo Barcelos, lateral que tem sido muito criticado pela torcida e sofreu com vaias durante todo o jogo. Marcão também foi questionado sobre uma possível entrada de Marlon no time titular:

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

“Eu acho que foi uma partida regular como a de toda a nossa equipe. Ele já vinha de uma pressão externa muito grande e chegou um momento que o torcedor cobrou mais ele, mas é um jogador muito forte mentalmente, tem o apoio de todos os companheiros e de todos nós. E sobre o Marlon, o menino vem treinando também […] e se tiver oportunidade de colocá-lo também vai responder à altura e nossa equipe vai dar total apoio.”

O Fluminense é o 9o colocado no Campeonato Brasileiro, com 32 pontos, e enfrenta o Atlético-GO na próxima partida, no sábado (9), às 16h30, no Maracanã.