Após Messi testar positivo, Pochettino aguarda para ter jogador disponível

O Paris Saint-Germain confirmou que o argentino Lionel Messi foi um dos jogadores da equipe que teve teste positivo para a Covid-19 e está em isolamento. Além dele, Juan Bernat, Sergio Rico e Nathan Bitumazala também tiveram um diagnóstico positivo para a doença. Todos já estão fora do próximo compromisso, mas há a expectativa de que possam retornar para o clássico contra o Lyon, no dia 09 de janeiro.

O técnico Maurício Pochettino comentou a ausência dos jogadores, principalmente Messi, e se mostrou esperançoso em ter o seu craque de volta em breve. Durante entrevista, o treinador do PSG afirmou estar aguardando o posicionamento do departamento médico do clube, além do retorno de Messi à França.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

— Leo está em contato com o setor médico do clube, que vem lhe passando todas as orientações. Sabemos que, quando fizer um teste negativo, ele voltará para nós. No momento ele está na Argentina. Sendo liberado para viajar e estando na França, nós vamos avaliar se ele consegue jogar — comentou Maurício Pochettino.

Os jogadores sul-americanos já estão liberados, mas não vão encarar o Vannes, nesta segunda-feira (03), pela Copa da França. Di María, Paredes, Icardi e Marquinhos já voltaram a treinar neste domingo (02), para estarem em breve disponíveis a Maurício Pochettino. Desta maneira, as únicas ausências seguem sendo Messi e Neymar.

O brasileiro segue tratando da lesão no tornozelo desde o final do mês de novembro e, de acordo com o planejamento do PSG, deverá estar disponível em pelo menos três semanas. Neymar segue no Brasil realizando o tratamento e sendo monitorado pelo departamento médico do PSG.