Atuações ENM: João Paulo vai mal e Luvannor faz boa estreia em empate do Cruzeiro; veja notas

Em jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, Cruzeiro e Tombense empataram em 1 a 1, neste sábado (23), no estádio Soares Azevedo. Os gols foram marcados por Ciel, para o time de Tombos, e Brock para a equpe celeste, ambos de pênalti.

A primeira etapa foi o retrato da Raposa nas últimas edições da competição: tem a bola no pé, o controle do jogo, mas peca na falta de criatividade para produzir chances claras. Já o Tombense se fechou e tentou sair na bola, explorando, principalmente a lentidão da recomposição da defesa celeste. E foi assim que o Gavião-Carcará quase abriu o placar, com Ciel, em duas oportunidades.

Luvannor e Rodolfo foram os jogadores mais participativos do Cruzeiro, mas não conseguiram furar a retranca da equipe de Tombos. Em contrapartida, João Paulo pouco contribuiu na criação de jogadas.

Já na etapa complementar, o Cruzeiro se desligou da partida, com muitos erros de passe e cedendo muitos espaços no contra-ataque. Já o Tombense acelerou o jogo, com triangulações em velocidade, e conseguiu marcar. Após pênalti infantil de Rômulo, Ciel não desperdiçou e fez 1 a 0.

Atordoada, a Raposa continuou falhando bastante no setor ofensivo, permitindo contra-ataques perigosos do Tombense. Mas, quando o jogo já seguia para uma vitória da equipe de Tombos, a marca de cal teve trabalho novamente.

Rodolfo sofreu falta na área, o VAR revisou e, após cinco minutos, o juiz marcou pênalti para a Raposa. Na cobrança, Brock, que havia acabado de entrar, colocou no canto esquerdo do goleiro adversário e deixou tudo igual. No fim, o Cruzeiro tentou ir para o abafa, mas não conseguiu chegar ao gol.

DESTAQUE POSITIVO

Luvannor- 5,5

Apesar de estar fora de ritmo, o atacante foi bastante participativo na partida. Dando opção durante todo o tempo, Luvannor não se intimidou e foi pra cima em todas as oportunidades que teve, sendo o jogador que mais incomodou a defesa adversária.

DESTAQUE NEGATIVO

João Paulo- 3,5

O meia teve uma noite pra esquecer em Muriaé. Sendo, em tese, o principal armador da equipe celeste, o jogador apenas assistiu o jogo dentro de campo, pouco contribuindo para o time de Paulo Pezzolano.

NOTAS:

Rafael Cabral- 4,5

Rômulo- 4

L. Oliveira- 4

Zé Ivaldo- 5

Rafael Santos- 4,5

Neto Moura- 5

Miticov- 5

João Paulo- 3,5

Jajá- 5

Luvannor- 5,5

Rodolfo- 5

Substituições:

Daniel Jr- 4,5

Adriano- 4,5

Leonardo Pais- s/n

Eduardo Brock- s/n

Waguininho- s/n

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.