Barcelona fica mais próximo de acertar com Aubameyang, diz jornal

Devido a problemas disciplinares, o atacante Pierre-Emerick Aubameyang foi punido pelo Arsenal e, além de ficar de fora de alguns jogos, perdeu também a condição de capitão da equipe. Por esses motivos, a permanência do atleta no clube inglês é considerada difícil e ele já pode sair em janeiro, dependendo das propostas. De acordo com o jornal “Daily Mail”, o Barcelona monitora a situação e tem se aproximado do jogador de 32 anos para comandar o ataque.

Após a aposentadoria precoce de Sérgio Aguero, que precisou tomar essa decisão por conta de problemas cardíacos, o Barcelona tem a necessidade de buscar mais uma opção ofensiva. Além da ausência de Aguero, o clube também não tem contado com Ansu Fati e Ousmane Dembélé, que fazem trabalho de reforço muscular para estarem disponíveis para o técnico Xavi Hernández. Memphis Depay, com uma lesão na coxa esquerda, é outro que não tem condições de jogo. Assim, ter Aubameyang nas opções poderia ser fundamental para a equipe.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

O cenário de instabilidade do jogador no Arsenal é algo atrativo ao Barcelona, que deve fazer a propostas até mesmo por empréstimo. Os calatães sabem que, no entanto, pagar o salário de Aubameyang será complicado. De acordo com a imprensa do Reino Unido, o jogador tem vencimentos que chegam a 10 milhões de euros (aproximadamente R$ 64 milhões na cotação atual) por temporada. Para arcar com os custos, o Barça poderia tentar buscar alternativas junto ao Arsenal.

Além dessa questão financeira a ser resolvida, o Barcelona deve encontrar concorrentes pelo atacante. A mídia italiana garante um interesse da Juventus no jogador, até para tentar substituir Álvaro Morata, que não vem tendo um bom desempenho na atual temporada e pode ser devolvido ao Atlético de Madrid.

Antes de ser afastado pelo Arsenal, Aubameyang vinha acumulando bons números na equipe de Mikel Arteta e tinha sete gols nas 15 partidas disputadas. Além disso, o atleta havia sido decisivo com duas assistências. Mesmo que tenha sido importante na Premier League para o Arsenal, Aubameyang não conseguiu repetir na inglaterra as temporadas de sucesso que teve na Alemanha, quando defendia o Borussia Dortmund.