Bernardo Silva não descarta sair do Manchester City: ‘Decisões pessoais importam’

O meia português Bernardo Silva não está confirmado no Manchester City para a próxima temporada, embora tenha contrato com o clube inglês até 2025. Após receber sondagens do Atlético de Madrid e declarar que gostaria de atuar na LaLiga, elite do futebol espanhol, o jogador voltou a falar sobre a possibilidade de deixar o Manchester City em busca de novos desafios.

Bernardo Silva concedeu entrevista ao jornal português “O jogo” e garantiu que decisões pessoais também podem pesar em sua escolha de deixar a Premier League. Aos 27 anos, o atleta está em sua quinta temporada no clube inglês e é considerado um dos jogadores mais importantes do elenco comandado por Pep Guardiola.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

— Sair do Manchester City depende de muitos fatores, mas eu acredito que decisões pessoais também importam no momento de se fazer escolhas. Uma das questões pessoais que tenho pensado é a aproximação com a minha família — avaliou Bernardo Silva.

Nascido em Lisboa, na capital portuguesa, o jogador do Manchester City poderia estar mais perto de seus familiares caso atuasse no futebol espanhol e suas declarações aumentaram as especulações sobre o seu futuro na carreira. O jogador deixou Portugal na temporada 2014/15, quando trocou o Benfica pelo Monaco, da França.

Durante a entrevista, Bernardo Silva também falou sobre a grande responsabilidade que encontrou no Manchester City, além de ter afirmado que, a cada elogio de Pep Guardiola, o peso de boas atuações acabam aumentando.

— A responsabilidade é sempre grande quando se joga num clube como o Manchester City. É um orgulho ser elogiado, ainda mais vindo de uma pessoa que representa tanto para o mundo do futebol. Demonstra que estou fazendo bem o meu trabalho. É um bom sinal — disse Bernardo Silva.

Na atual temporada, o jogador participou de 24 partidas pelo Manchester City, tendo marcado sete gols e contribuído com duas assistências. Bernardo Silva também vem sendo importante para a seleção portuguesa e, em março, deverá fazer parte da convocação do técnico Fernando Santos visando a disputa da repescagem das Eliminatórias Europeias.