Bienal de Curitiba celebra participação de Ros4 Luz no Dia da Consciência Negra

A representatividade negra na arte também é tema relevante a ser comemorado neste 20 de novembro, o Dia da Consciência Negra. Com quase 30 nos de evento, a Bienal contou com importantes artistas nacionais e internacionais negros em sua programação, destacando a importância dessa discussão. Um ponto marcante da 14ª edição foi o bate papo seguido de performance da artista visual, youtuber, rapper e comunicadora Ros4 Luz, em 2019 – que está entre os destaques da Bienal nas redes sociais (@bienaldecuritiba no Instagram e www.facebook.com/bienaldecuritiba no Facebook).

No Dia da Consciência Negra daquele ano, Ros4 Luz participou de um bate-papo com a curadora Vivi Villanova no Museu Paranaense, seguido da apresentação de sua performance “Transfobia Institucional”. A conversa e a ação artística discutiram temas como preconceito e falta de espaço para artistas representantes de grupos como pessoas trans e negras. No ato de Ros4 (que dialoga entre suas vivências e exclusão institucional transfóbica e racista de espaços seculares, que afetaram sua saúde mental entre 2013 e 2017), a artista de imaginava acorrentada pelo pescoço em um espaço institucional, recitando poesias sem tempo para ser encerrada. Parte do Circuito de Performances da Bienal, a ação representava as vozes caladas e impedidas de dialogar – tema atual e relevante que é relembrado pelo evento on-line por sua relevância.

Mulher negra e trans, Ros4 Luz (a maneira como a brasiliense Rosa Luz se apresenta no meio digital – @ros4luz) atua com destaque nos meios artísticos com sua intersecção de mídias. As várias linguagens servem de plataforma para discussões sobre racismo, transfobia, questionando a heteronormatividade e quebrando paradigmas hegemônicos. Na 14ª edição da Bienal, Ros4 esteve no Pavilhão Digital, uma plataforma virtual estabelecida pelo conceito curatorial de Vivi Villanova, que podia ser acessada por leitor de QR Code. Assim, podia-se assistir a versão gravada da performance “Transfobia Institucional”.

No dia 20 de novembro, as redes da Bienal de Curitiba destacarão ainda outros grandes artistas negros da história, como forma de celebrar essa representatividade. O intuito educacional e de divulgação da arte, intrínsecos do evento, se aliam com a data para esta celebração da representatividade negra.

Programação de Novembro

A Bienal On-Line dedica o mês de novembro a relembrar momentos marcantes da edição presencial mais recente da Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba. Exposições, performances e mostras são celebradas em fotos e vídeos, destacando artistas nacionais e internacionais que passaram pelo evento. Obras que foram expostas em outras cidades e países podem ser apreciadas pelas redes da Bienal, com explicações dos curadores e detalhes sobre os trabalhos.

Sobre a Bienal On-line

A Bienal On-line, uma ação de extensão da 14ª Bienal de Arte Contemporânea de Curitiba, Paraná, tem como objetivo levar ao maior número possível de pessoas conteúdos de qualidade sobre artes visuais, arquitetura, design, literatura e cinema, expandindo o formato presencial do evento diretamente para os celulares, computadores e casas da população. A proposta principal é seguir fomentando a cultura, formando públicos plurais e proporcionando experiências estéticas adaptadas ao nosso atual contexto. A cada mês, até dezembro de 2021, um tema diferente guiará as ações.

A Bienal On-line tem patrocínio da Farmacêutica EMS, Eletrobras Furnas, Copel, Kinea e Neodent, com apoio do Grupo SC, Copel, Bergerson, BRDE e Fomento Paraná. Incentivo do Governo Estadual do Paraná – Secretaria da Comunicação Social e da Cultura e do PROFICE – Programa de Incentivo à Cultura. A realização é da Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba, Prefeitura Municipal de Curitiba, Governo do Estado do Paraná – Secretaria da Comunicação Social e da Cultura, Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e Governo Federal – Brasil.

A programação de novembro da Bienal On-Line está disponível nas redes sociais do evento, no Instagram @bienaldecuritiba e no Facebook www.facebook.com/bienaldecuritiba. Mais informações: www.bienaldecuritiba.com.br.