Botafogo enfrenta o Juventude para dar fim a jejum e vencer a primeira como mandante no Brasileirão

Neste domingo (1), às 11h, o Botafogo enfrenta o Juventude pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Com o apoio de quase 40 mil torcedores no Estádio Nilton Santos, os comandados de Luís Castro buscam a primeira vitória em casa no torneio, e tentam encerrar um longo jejum contra um adversário que costuma trazer dificuldades ao Glorioso.

O Juventude é, historicamente, uma pedra no sapato do Botafogo, desde a vitória do clube gaúcho sobre o Alvinegro na final da Copa do Brasil de 1999. Além disso, o Alviverde não perde no confronto desde 2007, e eliminou o adversário na mesma competição em 2019.

Mesmo assim, o Botafogo surge como favorito no duelo, pelo fator casa e a diferença técnica entre as equipes. O clube carioca vem de um empate contra o Atlético-GO, mas está em uma clara evolução desde chegada de Castro.

O time titular é um mistério, já que o técnico português vem rodando o elenco nos primeiros jogos. A única mudança certa é na zaga, com Victor Cuesta entrando no lugar do lesionado Kanu. No gol, a tendência é de que Gatito reassuma o lugar de Diego Loureiro no gol.

Com Erison e Victor Sá em alta, o ataque é a principal arma do Botafogo para buscar a vitória. Depois de entrar muito bem no jogo passado, Chay tem chances de retornar ao time titular no lugar de Lucas Piazón que, por outro lado, ainda não rendeu como esperado.