Carlston Harris comemora segunda vitória seguida no UFC: “Acredito que estou mostrando minha evolução”

No último evento do UFC, em Las Vegas, um lutador conseguiu novamente ser destaque: Carlston Harris. O lutador meio-médio nascido em Guiana e radicado no Brasil derrotou no sábado passado (18) Impa Kasanganay por nocaute técnico no primeiro round.

Foi a segunda luta do lutador da RFT (Renovação Fight Team), time de Marcelo Cromado, no UFC. Na primeira, Harris venceu por finalização Christian Aguilera e se vê percebendo que a evolução em seu jogo tanto em pé como no chão tem sido notada nestes dois primeiros combates no Ultimate.

– O meu desempenho nesta luta foi excelente. Minha performance nada mais é do que o fruto do meu trabalho e dedicação. Quando entro no octógono, não vejo outro resultado. A gente não sabe o que pode acontecer durante a luta, mas eu estava muito confiante. Estas duas últimas lutas só mostram que estou pronto para onde a luta for se desenrolar, tanto em pé como no chão. MMA é isso, sempre estou evoluindo para mostrar novas arma. E acredito que estou mostrando essa evolução – declarou o guianense.

LEIA MAIS

+ Nick Diaz afirma que nunca gostou de lutar MMA: “É só algo que faço”

+ Covid-19 tira ex-campeã do UFC de confronto contra brasileira

Apelidado de ‘Moçambique’, Carlston Harris tem agora cinco vitórias seguidas na carreira de MMA, esta com 17 vitórias. E os planos do lutador da RFT são de voltar a lutar apenas em 2022, procurando preservar seu corpo dos grandes esforços que camps para lutas do UFC necessitam.

– Até gostaria de lutar de novo este ano, mas primeiro tenho que cuidar da minha saúde. Estou sentindo dores e quero fazer alguns exames para saber como estou. Preciso preservar o meu corpo, que é meu instrumento de trabalho. Não acredito que eu possa voltar a lutar neste ano, mas vou esperar parar ver o que o médico tem a dizer após os exames – afirmou Harris.