Cássio pega pênalti, Fábio Santos desperdiça cobrança e Corinthians fica no empate na Colômbia

O Corinthians perdeu a oportunidade de levar 3 pontos contra o Deportivo Cali, na Colômbia, e ficou no empate por 0 a 0, pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Cássio salvou a equipe pegando pênalti, por outro lado, aos 40 minutos do segundo tempo, Fábio Santos chutou pênalti para fora, cobrança poderia encaminhar classificação para o Corinthians no Grupo E.; equipe paulista segue na liderança.

Primeiro Tempo – Timão melhor

A partida começou preocupante para o Timão, logo aos 5 minutos, o lateral-direito Fágner precisou ser substituído depois de uma lesão no tornozelo. Lucas Píton entrou no lugar para atuar improvisado na direita.

O Corinthians tomou a iniciativa do jogo e não levou sustos da equipe colombiana nos primeiros 15 minutos da partida. Vitor Pereira surpreendeu a todos colocando Willian, Renato Augusto e Róger Guedes no banco de reservas, e começou, com Gustavo Mosquito, Giuliano e Mantuan, mas foi o Cali que teve a primeira oportunidade.

Téo Gutierrez recebeu passe na meia-lua e chutou forte para grande defesa de Cássio. A resposta do Timão foi rápida, Mosquito fez boa jogada individual pela ponta esquerda, cruzou rasteiro e depois do passe de Maycon, Mantuan bateu cruzado e o goleiro De Amores fez grande defesa.

A equipe paulista tinha mais controle da posse de bola e conseguiu criar a segunda oportunidade. Piton enxergou Mantuan dentro da área, e na frente do gol, ele finalizou em cima de Delamores, que fez boa defesa para o Cali. 

Mantuan perdeu uma chance INACREDITÁVEL na primeira etapa. No contra-ataque do Timão, Du Queiroz conduziu, correu, lançou o Jô, atacante cruzou dentro da área para Mantuan chutar por cima, para a loucura de Vitor Pereira. Ainda no primeiro tempo, o volante Du Queiroz arriscou de longe, Delamores defendeu em dois tempos.

Segundo Tempo – Cássio pega pênalti

O Cali quase abriu o placar no primeiro minuto do segundo tempo, Téo Gutierrez fez jogada pela esquerda, cruza para Vasquez que chuta rasteiro, a bola passa por Cássio, mas Fábio Santos tira antes de entrar. Quase o time colombiano abre o placar.

O Timão seguiu mais organizado no segundo tempo, depois do susto no início, voltou a controlar a posse de bola e construir as melhores opções de jogada, Maycon finalizou para fora depois de pivô feito por Jô.

Incrível o gol perdido pelo Timão. Jô recebe cruzamento de Maycon e cabeceia para baixo, De Amores salva o Deportivo Cali e espalmou.

A equipe da casa teve a melhor oportunidade do jogo. Depois de pênalti em cima de Rodríguez, Cássio pulou no canto direito e defendeu em dois tempos. O goleiro do Timão garantiu o empate no placar.

O jogo seguia com ataque dos dois lados: Renato Augusto, com poucos minutos em campo, toca para Mantuan que cruza para Maycon, sozinho, chutar para fora. Que chance perdida.

Depois, foi a vez de Jô, após cruzamento de Maycon, cabecear para baixo e ver De Amores salvar o Cali. A equipe colombiana, no lance seguinte teve a oportunidade na cobrança de pênalti, Téo Gutierrez foi para a cobrança e Cássio cresceu para defender no canto esquerdo, salvando o Timão.

O Corinthians acordou, Vitor Pereira colocou Júnior Moraes e Gil, mudou para o esquema com 3 zagueiros e viu a equipe melhorar: Júnior Moraes em sua primeira jogada, sofreu pênalti de De Amores. Fábio Santos foi para a bola e, perdeu. Em 22 pênaltis batidos, o lateral perde o segundo com a camisa do Timão.

E terminou assim, 0 a 0. Com o resultado o Corinthians manteve a liderança do Grupo E, com 7 pontos.