Castán se afasta de “barca” e Coritiba deve dispensar 7 no final do ano

O Coritiba conseguiu o acesso a serie A na rodada passada contra o Brasil de Pelotas, mas a derrota por 1 a 0 no Couto Pereira diante do CSA, no último domingo (21), tirou a possibilidade de título para os paranaenses. Faltando uma rodada para o encerramento da Série B, o time Alviverde soma 64 pontos ao longo do campeonato e já não pode alcançar o Botafogo, com 69. Entretanto nada tira o sentimento de dever cumprido da diretoria no Alto da Glória.

Por isso, mesmo que o Coxa tenha ainda a partida contra a Ponte Preta no próximo domingo (28) em Campinas, a diretoria já planeja 2022. Primeiramente Morínigo é o grande assediado do momento. Mesmo com contrato até o final do ano que vem, o técnico paraguaio deve receber ofertas nesta janela. O Vasco, por exemplo, gosta do perfil do comandante.

No elenco alviverde, também deve haver uma boa reformulação pela frente. Há 11 jogadores do plantel de Morínigo com contrato expirando em dezembro.

São eles:

Zagueiros

Wellington Carvalho

Nathan Ribeiro*

Luciano Castán

Henrique Vermudt*

Laterais

Romário

Matheus Alexandre

Meio-campistas

Valdeci

Edson Carioca*

Atacantes

Gui Azevedo

Waguininho

Vinícius Ribeiro

De acordo com a colega Isabella Elias, do portal ENM, do grupo citado, quem tem mais chances de permanecer para 2022 é Luciano Castán. O zagueiro foi o jogador alviverde que mais jogou na atual temporada – foram 51 partidas, com sete gols e uma assistência. Segundo o próprio jogador, “a renovação já está próxima”.

Outro que terminou em alta a temporada foi Waguininho. O atacante, que iniciou muito criticado pela torcida do Coxa, marcou 11 gols na Série B, sendo o vice artilheiro da equipe superado somente por Léo Gamalho (16 tentos)