Chefes de equipe da Fórmula 1 elegem top 10 pilotos do ano; veja nomes

A mídia oficial da Fórmula 1 pediu aos diretores das 10 equipes do grid para elencar um top 10 dos melhores pilotos da temporada. Agora, na segunda-feira, 27, a F1 divulgou como ficou a classificação de acordo com os chefões do paddock.

(Divulgação / Mercedes AMG F1)
Toto Wolff, campeão oito vezes com a Mercedes do Campeonato de Construtores (Divulgação / Mercedes AMG F1)

O sistema de pontuação dos votos foi igual ao de classificação nas corridas: 25 pontos para o primeiro, 18 para o segundo, assim por diante, até o ponto único que o décimo colocado recebe. Apesar de envolver todos os chefes de equipe, as listas individuais ficaram em anonimato, sendo publicada apenas a votação geral.

Os três últimos, com pontuações bem similares, foram Esteban Ocon (10º, 41), Valtteri Bottas (9º, 43) e George Russell (8º, 44). Ocon conquistou uma vitória na temporada com sua Alpine, na Hungria, e acabou o campeonato em 11º. Já Bottas, apesar de ser terceiro na Fórmula 1 e conquistar 11 pódios, incluindo uma vitória, não foi bem sucedido em algumas provas e recebeu poucos votos. Oitavo na votação, Russell pontuou em quatro etapas na temporada, mas levou sua Williams ao pódio na Bélgica.

(Divulgação / Scuderia Ferrari)
Mattia Binotto assumiu o cargo em 2019, mas está na Ferrari desde 1995 (Divulgação / Scuderia Ferrari)

No meio do pelotão da votação, Pierre Gasly (7º, 64) mesmo marcando 110 dos 142 pontos de sua equipe e conquistar um pódio com a AlphaTauri, ficou atrás de Fernando Alonso (6º, 69) e Charles Leclerc (5º, 70). O espanhol pontuou em 15 corridas pela Alpine, incluindo o pódio no Catar, num retorno sem expectativas à Fórmula 1. Já o monegasco fez o melhor tempo nas classificações de Mônaco e Azerbaijão e foi o segundo na corrida em Silverstone, seu único pódio no ano pela Ferrari.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

+ Com Schumacher na reserva, como fica o futuro da Ferrari na Fórmula 1?

+ Ecclestone revela conversa com pai de Lewis Hamilton e critica GP de Abu Dhabi

Chegando ao pódio dos melhores, Carlos Sainz (4º, 85), ficou atrás de seu antigo companheiro, Lando Norris (3º, 110). O piloto da Ferrari surpreendeu em seu primeiro ano, conquistando quatro pódios e ficando à frente, no Campeonato de Pilotos, de Leclerc e do próprio Lando Norris. Sobre o britânico, começou a temporada muito bem pontuando nas 10 primeiras rodadas, incluindo três pódios, mas teve um ponto de virada na Rússia ao perder o que seria sua primeira vitória por um erro de decisão.

(Divulgação / Red Bull Racing)
Christian Horner é chefe de equipe da Red Bull desde 2005 e já conquistou quatro títulos de equipe e cinco de pilotos (Divulgação / Red Bull Racing)

No topo, a disputa foi novamente acirrada, assim como nas pistas. E tal qual foi o resultado no Campeonato de Pilotos, Max Verstappen foi o líder (1º, 213), superando o heptacampeão Lewis Hamilton (2º, 192). Ambos trocaram golpes durante todo o ano, com o holandês levando 10 vitórias, e o britânico oito.

Os nomes que não apareceram no top 10 da Fórmula 1 feito pelos chefes de equipe, na ordem de suas classificações no Campeonato de Pilotos de 2021, foram: Sergio Perez, Daniel Ricciardo, Sebastian Vettel, Lance Stroll, Yuki Tsunoda, Kimi Raikkonen, Antonio Giovinazzi, Mick Schumacher, Robert Kubica e Nikita Mazepin.