Chegada do verão exige cuidados e proteção para os olhos

Chegada do verão exige cuidados e proteção para os olhos

A estação mais quente do ano vem acompanhada de uma série de recomendações de saúde e que vão além de manter a hidratação adequada e utilizar filtro solar. Neste período, proteger os olhos dos raios UVA e UVB é indispensável para não prejudicar a visão.

Chegada do verão exige cuidados e proteção para os olhos

De acordo com o cirurgião oftálmico, Dr. Ricardo Ducci, a exposição inadequada pode trazer sérias consequências. “Os raios solares podem danificar nossa córnea, o cristalino e até causar uma degeneração macular, que causa perda progressiva da visão”, alertou.

Confira algumas dicas do especialista para cuidar da saúde dos seus olhos:

1 – SEMPRE USE ÓCULOS ESCUROS – O acessório protege os olhos da ação dos raios UVA e UVB. “Na hora de escolher o produto verifique se as lentes têm a proteção adequada, compre em uma loja certificada. Em relação às cores, lentes marrom e fumê são indicadas para dias mais claros, já as lentes laranja e amarela são ideais para usar no começo ou no final do dia”, esclareceu.
2 – EVITE O USO DE LENTES DE CONTATO NA PRAIA OU PISCINA – O contato com a água traz maior risco de infecção durante o uso das lentes e, por isso, deve ser suspenso. Ducci afirma que existem outros métodos para correção de grau nestes casos. “É possível realizar uma cirurgia refrativa ou solicitar que sejam feitos óculos escuros com grau”.
3 – APOSTE EM CHAPÉUS OU BONÉS – O ideal é manter os olhos sempre na sombra para maior conforto e segurança da sua visão.
4 – NÃO FIQUE MUITO TEMPO COM OS OLHOS EXPOSTOS AO VENTO – A exposição dos olhos ao vento pode causar sintomas como vermelhidão, coceira e ardência nos olhos. “Isso ocorre devido ao ressecamento que o vento provoca na região, já que aumenta a velocidade da evaporação das lágrimas”, explica o cirurgião.
No retorno das férias é sempre importante realizar uma avaliação com médico especialista.

CIRURGIA REFRATIVA
A cirurgia refrativa é aquela que corrige o grau e permite parar de usar óculos. Segundo Ducci, o procedimento é altamente tecnológico e rápido, não necessita de internação e oferece rápida recuperação ao paciente.
“Dependendo da técnica utilizada, no dia seguinte à cirurgia já é possível retomar as atividades cotidianas e, inclusive, dirigir. Orientamos um período de repouso um pouco maior em relação ao trabalho para os pacientes que utilizam muito computador ou celular nas atividades profissionais”, afirmou.
Entre as vantagens de realizar o procedimento para o verão está maior liberdade para a prática de esportes e para aproveitar a praia.
“A recuperação cirúrgica completa acontece em até 30 dias. Os pacientes não costumam queixar-se de dor, mas é comum apresentar um pouco de vermelhidão nos olhos, lacrimejamento, sensibilidade à luz e sensação de areia nos olhos”.
Um levantamento feito pela empresa Market Scope afirma que, em 2018, foram realizadas cerca de 158 mil cirurgias de correção visual a laser no Brasil.