Com dois golaços, Athletico vence o Peñarol e abre vantagem na semifinal da Sul-Americana

Na noite desta quinta-feira (23), o Athletico venceu o Peñarol pelo jogo de ida das semifinais da Copa Sul-Americana 2021. A partida, no Estádio Campeón Del Siglo, terminou com o placar de 2 a 1. O Furacão saiu na frente no placar com David Terans, em um belo gol de bicicleta, Martínez empatou para a equipe mandante, mas a vantageem retornou aos braços rubro negros com Pedro Rocha, que fez seu primeiro gol com a camisa athleticana.

Com esse resultado o Athletico garante uma bela vantagem na atual fase da competição, considerando que com o critério de desempate, o gol fora de casa, o Furacão pode perder o jogo de volta na Arena da Baixada por 1 a 0 e ainda se classificaria para a grande final da Copa Sul-Americana.

O Furacão volta aos gramados no próximo domingo (26), às 18h15, quando a equipe rubro negra recebe o Grêmio na Arena da Baixada pela vigésima segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2021. Este será o segundo confronto entre as duas equipes neste ano, com o Athletico saindo como o vencedor no primeiro turno por 1 a 0, com um gol marcado por Matheus Babi.

O Peñarol, por sua vez, mantém o retrospecto negativo contra a equipe paranaense, tendo apenas uma vitória contra a equipe rubro negra em cinco confrontos entre as duas equipes, os quais todos ocorreram nos últimos três anos. Considerando isso, o desafio de reverter a vantagem criada pelo Athletico vai se tornando um desafio cada vez maior para a equipe aurinegra.

Para saber tudo sobre a Copa Conmebol Sul-Americana, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

PRIMEIRO TEMPO DE PRESSÃO URUGUAIA

O primeiro tempo foi de domínio amplo do Peñarol, com a equipe uruguaia dominando a grande maioria das ações do jogo e forçando o goleiro Santos a fazer múltiplas defesas para salvar a equipe rubro negra. Entretanto, em um lance mágico de David Terans logo aos dois minutos de jogo, o Athletico conseguiu uma vantagem importantíssima com um golaço de bicicleta do meia uruguaio, que não comemorou em forma de respeito à sua ex-equipe. Vantagem que foi crucial em meio a pressão aurinegra, que mostrou resultado aos 22 minutos, com o gol de empate vindo dos pés de Álvarez Martínez, que chegou ao seu décimo gol na atual edição da competição.

SEGUNDO TEMPO EQUILIBRADO

Na segunda etapa, o Athletico sentindo a pressão adversária colocou o banco de reserva a uso e fez suas alterações, melhorando o equilíbrio na marcação e no meio-de-campo, diminuindo assim as chances que poderiam trazer perigo ao gol defendido por Santos. Bruno Lazaroni, responsável por comandar o Athletico no jogo de hoje com a suspensão de Paulo Autuori, mostrou ousadia nas substituições, tirando jogadores experientes como David Terans e Abner para apostar em Pedro Rocha e Nicolas, que entraram bem no jogo e mudaram o rumo da partida em favor do Furacão, com Pedro Rocha marcando o gol da vitória aos 30 minutos em uma pancada de perna direita de fora da área.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR MAIS DESTE TEMPO REAL