Com grande atuação do jogo terrestre, Green Bay Packers vence e acaba com invencibilidade do Arizona Cardinals

O Green Bay Packers (7-1) derrubou o último invicto da temporada de 2021 da NFL. E emoção foi o que não faltou neste Thursday Night Football. Aaron Rodgers & Cia foram até o State Farm Stadium encarrar o poderoso Arizona Cardinals (7-1) de Kyler Murray e graças a um trabalho irretocável nas trincheiras venceu a sexta seguida no ano, 24 a 21.

Nos Packers, Rodgers fez um trabalho de mesclar bem as campanhas entre corridas e passes. O camisa 12 terminou o confronto com 22 passes completos para 184 jardas e dois touchdowns. Quem brilhou mesmo foram os running back. AJ Dillon teve 16 corridas para 78 jardas com uma média incrível de 4,9 por carregada. Aaron Jones chegou a end zone e teve 15 carregadas para 59 jardas, média de 3,9. O quarterback de Green Bay contou com a velha sintonia com o wide receiver Randall Cobb, que supriu muito bem a ausência de Davante Adams fora por COVID-19 com três recepões para 15 jardas e dois touchdowns.

A defesa também foi um fator crucial para a vitória, Henry Back e Rasul Douglas interceptaram Kyler Murray, sendo o de Douglas para encerrar o jogo no estouro do relógio. Além do belo trabalho impedindo muitas corridas improvisadas do quarterback dos Cardinals que sofreu dois sacks.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook.

Falando nele, Kyler Murray teve que improvisar muito no pocket com as próprias pernas, conseguiu alguns first downs é verdade, mas sofreu duas interceptações que custaram muito para o time da casa. Ele teve 22 passes para 274 jardas. Os touchdowns de Arizona vieram através do jogo terrestre, Chase Edmonds (sete corridas para 30 jardas) e James Conner que vem tendo um ótimo ano desde que chegou no deserto e está com aproveitamento perfeito na end zone, foram mais dois para a conta. Já são oito em oito jogos.

Quer ficar por dentro de tudo dos esportes americanos? Siga o Podcast Timeout no Spotify!

Os Cardinals abriram o placar no deserto do Arizona com uma campanha que por pouco não terminou em punt. Kyler Murray numa terceira longa na linha de 39 do campo de defesa acertou um torpedo de 61 jardas para DeAndre Hopkins próximo da side line. O wide receiver fez a recepção que se aproveitou do cornerback calouro dos Packers Eric Stokes ficar vendido na jogada para chegar a end zone. Porém, Hopkins cometeu um facemask, o touchdown foi anulado e a bola reposicionada na linha de 39. Na segunda chance, Arizona chegou a end zone com uma chamada muito boa de Kingsbury com snap direto para Chase Edmonds correr pelo meio, 7 a 0.

O running back AJ Dillon foi dominante correndo 43 das 73 jardas totais conquistadas em um drive de mais de 8 minutos para o empate dos Packers. Porém, foi seu companheiro da posição Aaron Jones quem entrou na end zone depois de um esforço descomunal para quebrar quatro tackles, 7 a 7.

Rondale Moore deu graças a unidade defensiva que não permitiu nenhum ganho de jardas na linha de 3 jardas para os Packers. O calouro quase teve problemaço após cometer um muff na linha de 3 jardas após punt de Corey Bojorquez. Praticamente “touchdown” da defesa e Mayson Crosby colocou no meio do Y um chute para 21 jardas, 10 a 7.

A defesa dos Packers voltou do intervalo dando voadora do lustre, o DE Dean Lowry colocou a mesa e jantou Kyler Murray no pocket para perda de 10 jardas. Contra a parede, o quarterback de Arizona teve que se livrar da bola rápido com uma pressão de quatro jogadores, porém o passe saiu muito alto e ficou para a fácil interceptação de Henry Black.

Green Bay quase se viram novamente sem o touchdown, mas Matt LeFleur foi agressivo, arriscou a quarta descida e obteve sucesso com a recepção de cinco jardas de Equanimeous St Brown. Panela velha ainda faz comida boa. Aaron Rodgers em um passe milimétrico para Randall Cobb no canto da end zone, 17 a 7.

Arizona respondeu na mesma moeda, Kingsbury também foi agressivo e arriscou uma quarta descida ainda no campo de defensiva e também se deu bem. Kyler Murray acertou um passe de 7 jardas para Antoine Wesley que moveu as correntes. A campanha terminou com uma corrida curta de James Cooner para o touchdown, 17 a 14.

A dupla Rodgers e Cobb voltou a atacar a aparecer. Os Cabeça de Queijo mais uma vez exploraram muito bem as corridas durante toda a campanha e na red zone, o camisa 12 mandou uma flecha pelo meio para seu velho running back que chegou a end zone pela segunda vez na partida, 24 a 14 Green Bay Packers.

Em nova uma campanha longa, os Cardinals mais uma vez conseguiram o destino final o touchdown, Murray conectou dois passes importantes para a nova peça do ataque, o TE Zach Ertz para renovação de duas descidas. Por fim, James Conner quem vem tendo uma bela temporada anotou entrou na end zone pela segunda vez na partida. Oito touchdowns em oito jogos para o running back, ex-Steelers, 24 a 21.

Link: https://esportenewsmundo.com.br/eagles-trocam-zach-ertz-para-o-arizona-cardinals/

Os 10 minutos finais do Thursday Night Football foram tirar o folego no State Farm Stadium. O Green Bay Packers chegaram rapidamente ao campo de ataque com recepções longas de Aaron Jones e o tight end Josiah Deguara. Com 6:28, LaFleur pediu seu segundo timeout e minutos depois veio o último timeout com ainda 5:41 por jogar após uma ótima corrida de Jones para 8 jardas até as 36.

O jogo terrestre do time visitante continuava a fluir e Jones fez uma corrida para 16 jardas para o first down já na red zone de Arizona. A bola chegou até a linha de uma jarda, mas a defesa dos Cardinals levantou o muro e os Packers bateram na parede. Sem tempo para pedir, o delay of game foi marcado com o estouro do play clock e o ataque recuou até a linha de cinco. Rodgers na tentativa de scramble parou na linha de goal.

A franquia do Wisconsin foi para a quarta descida para tentar liquidar com a fatura, mas sem sucesso, passe incompleto de Rodgers para Randall Cobb. Com 3:25 e três tempos para pedir, Kyle Murray de dentro da end zone mandou um foguete de 23 jardas para AJ Green completamente livre no meio de campo que tirou os Cardinals de um verdadeiro buraco.

Na jogada seguinte, Murray mandou um outro míssil 29 jardas para Chris Kirk na linha de 47 do campo dos Packers antes do two minute warning. O ataque fluiu com ótimas corridas após a recepção, a última delas, Chase Edmonds foi parado só nas 18 entortando toda a defesa de Green Bay pelo caminho. Depois foi a vez do próprio quarterback resolver com as pernas e colocar o bola para um 1st&Goal na linha de 8. Edmonds recebeu o tackle após o avanço de três jardas e Kingsbury pediu seu segundo tempo com 0:15 no relógio.

A partida se resumia a uma 2nd&Goal na linha de cinco jardas, os Cardinals buscavam permanecer com a invencibilidade e os Packers confiavam em sua defesa que fazia um excelente jogo até aquele momento. Kyle Murray no shotgun mandou um passe para a direita na direção de AJ Green que não percebeu que a bola vinha, não virou para fazer a recepção e Rasul Douglas fez a interceptação para encerrar a partida. Vitória maiúscula do Green Bay Packers, 24 a 21