Com má fase de Caio Paulista, Gabriel Teixeira pode ganhar chance no time do Fluminense

As mexidas de Marcão deram muito certo na vitória do Fluminense por 2 a 1 sobre o Palmeiras no último domingo. Uma delas foi a entrada de Gabriel Teixeira no segundo tempo no lugar de Caio Paulista. O garoto, que se recuperou de uma lesão, entrou bem e conseguiu propor o que o treinador queria dentro de campo. Caio Paulista, por sua vez, pecou novamente em sua atuação e acaba de ver camisa 39 no “retrovisor” nesta final de Campeonato Brasileiro.

Depois de sua renovação, Caio Paulista não conseguiu realizar as boas atuações que fez por merecer a sua extensão de contrato. Nos últimos jogos, errou muitos passes e tentativas de dribles sem sucesso. O jogador se mostra esforçado nas finalizações, mas também segue com dificuldades.

– O Caio é um jogador que trabalha demais, que busca o espaço dele. Em um primeiro momento eu precisava dele para controlar mais o jogo, o Arias controle mais com posse. E o Caio em uma função que conhecemos bem. Não é que não funcionou. Ele até perdeu uma oportunidade, mas ele tentou fazer o certo, cortar para finalizar. Neste jogo eu precisava de um jogador com a característica de profundidade. Tanto que optamos por Biel e Lucca no intervalo. E eles entraram bem e cumprindo a função, por isso levamos a última linha do Palmeiras para trás – disse Marcão.

+ Fluminense quebra sequência de vitórias do Palmeiras

Gabriel Teixeira, por outro lado, demostrou boa capacidade de criação, com as chances passando por seus pés e infiltração. O drible e a velocidade são as principais armas do atleta. Ele deu outro dinamismo ao ataque tricolor. Com a boa atuação diante do Palmeiras, a disputa se acirra em meio ao final de reta final de temporada.

O Fluminense chegou aos 45 pontos e fecha mais uma rodada na oitava colocação. O Tricolor está a quatro pontos do G-6, a zona de classificação para a Libertadores – que pode virar até G-9 este ano. O próximo desafio é na quarta-feira, contra o Juventude, em Caxias do Sul, pela 33ª rodada do Brasileirão.