Crespo elogia jogo do São Paulo e diz que sentiu vontade de entrar em campo

O São Paulo recebeu o Santos no Morumbi nesta quinta-feira (07) em partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro e empatou em 1 a 1. Carlos Sanchez marcou para o time da Vila e Calleri, de pênalti, marcou para a equipe da casa.

Após o resultado, o técnico Hernan Crespo foi questionado sobre se o principal objetivo do Clube, que é chegar no G-6 da competição, ainda é possível devido aos últimos resultados e o desempenho da equipe.

–  Sempre os objetivos serão os mais altos possíveis. O objetivo é jogar como hoje: a gente jogou com essa intensidade, vontade e energia positiva que sinceramente, a primeira vez que sinto vontade de entrar dentro do campo de jogo e jogar com eles. Foi emocionante a reação dos jogadores, do banco, todos o elenco estava com muita vontade de conquistar os três pontos. Mas acreditou, jogou com uma intensidade que, eu realmente há um pouco de tempo a gente não via – disse Hernan Crespo em entrevista coletiva para o Canal do São Paulo.

Crespo vive o momento de maior pressão no São Paulo devido aos resultados e o desempenho da equipe no Brasileirão, única competição que restou. O treinador comentou sobre como foi a semana, esta, que a diretoria se reuniu para cobrar reação da equipe.

+ Para saber tudo sobre o São Paulo, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

– Uma semana normal no São Paulo. Todos dias tem um problema novo, que tentamos resolvê-los, de olhar pra cima, tentar melhorar, estamos em transição e nisso, coisas se vão construindo dia a dia. Talvez teremos dias mais difíceis e outro mais fáceis e todos nos sabemos onde estamos, onde o São Paulo estava antes de eu chegar e para onde vai. Fico tranquilo e estamos trabalhando em linha em tudo o que estamos fazendo, trabalhando para ter um futuro melhor – comentou.

A partida do clássico marcou a volta do público no Morumbi. Mesmo com cinco mil torcedores, Crespo ressaltou que, quando o estádio puder receber mais torcedores, será difícil para o adversário.

– Falei antes que vi uma energia muito positiva de todos. Claro que o fato que o torcedor, que teve cinco mil, não quero imaginar lotado (risos). Já com cinco mil já me senti muito contente. Muito contente de voltar a ver os torcedores nos estádios e serem protagonistas. Acredito que lentamente quando a torcida ir cada vez mais ao Morumbi será mais difícil para o adversário – disse.

Se tratando dos desfalques na lateral para esta partida, Crespo rasgou elogios a Igor Gomes que jogou improvisado.

– Para mim, por disposição, por novidade, e espírito de grupo, Igor Gomes foi melhor em campo. Porque não jogou somente como lateral. Quando tínhamos a bola, jogou perto de Luan. Não foi típico de lateral, entendeu tudo o que tinha que fazer e fez com muito sacrifício e humildade. A escolha foi perfeita não por mim, mas pela disposição dele – finalizou.

O Tricolor volta a campo na próxima segunda-feira (11) diante do Cuiabá, às 20h (de Brasília), fora de casa, pela 25ª rodada do Brasileirão. A equipe está em 14º lugar com 29 pontos.