David Luiz pode atingir feito histórico pelo Flamengo

O último grande reforço da zaga do Flamengo, David Luiz, pode atingir um feito histórico no futebol. Caso a equipe Rubro-Negra vença a competição contra o Palmeiras, no próximo dia 27, o jogador vai entrar para a seleta lista de jogadores que já conquistaram uma Champions League e uma Libertadores durante a sua carreira.

O zagueiro foi campeão da Champions League em 2011/12 pelo Chelsea, da Inglaterra, contra o Bayern de Munique. A partida, que terminou empatado em 1 a 1, foi levada aos pênaltis e teve cobrança do próprio David Luiz, que marcou o gol. Na época, ele também foi convocado para a Seleção Brasileira e, em 2014, participou de sua primeira e única Copa do Mundo. Agora, em 2021, David Luiz poderá ser campeão da Libertadores, pelo Flamengo, e ser o 8º brasileiro a conquistar as duas competições continentais.

+ Na despedida da torcida antes da final da Libertadores, Flamengo vence o Corinthians no Maracanã

Desde que David Luiz chegou ao Flamengo, o zagueiro participou de seis jogos e venceu todos, sem sofrer nenhum gol, tendo um aproveitamento de 100% de eficiência. Atualmente, ele é peça chave que pode garantir a vitória Rubro-Negra diante do Palmeiras em Montevidéu. Além disso, David Luiz recebe muito carinho da torcida e dos seus companheiros de equipe.

+ Com David Luiz em campo, Flamengo ainda não foi vazado; veja o aproveitamento

– É um cara que está sendo muito importante para o nosso elenco porque está nos ajudando dentro e fora de campo. – Afirmou Michael sobre David Luiz, em entrevista na FlaTV após a disputa contra o São Paulo (14).

Outro jogador que também já atingiu esse marco é o ex lateral direito do Flamengo, Rafinha. Em 2012/13 venceu a Champions League pelo Bayern de Munique e, em 2019, foi um dos jogadores fundamentais na vitória do Flamengo na final da Libertadores.

Siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitterFacebook e Youtube.

Veja a lista completa dos jogadores que já conquistaram a Libertadores e a Champions League:

Juan Pablo Sorín (River Plate – 1996 / Juventus – 1995/96)
Santiago Solari (River Plate – 1996 / Real Madrid – 2001/02)
Dida (Cruzeiro – 1997 / Milan – 2002/03 e 2006/07)
Roque Jr (Palmeiras – 1999 / Milan – 2002/03)
Cafu (São Paulo – 1992 e 1993 / Milan – 2006/07)
Carlitos Tevez (Boca Juniors – 2000 / Manchester United – 2007/08)
Walter Samuel (Boca Juniors – 2000 / Inter de Milão – 2009/10)
Ronaldinho Gaúcho (Atlético-MG – 2013 / Barcelona – 2005/06) 
Neymar Jr (Santos – 2011 / Barcelona – 2014/15)
Danilo (Santos – 2011 / Real Madrid 2015/16 e 2016/17)
Rafinha (Flamengo – 2019 / Bayern de Munique – 2012/13)