Desfalque de Nenê gera dúvidas em Diniz sobre a escalação do Vasco

O meia Nenê tem sido o protagonista do Vasco na Série B, com gols e assistências que podem ajudar o clube a seguir sonhando com a Série A em 2022. A sequência de boas atuações, no entanto, terá de ser interrompida porque o jogador veterano recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Náutico no último domingo. E o técnico Fernando Diniz fez mistério sobre o substituto.

– O Nenê de fato tem sido o nosso grande protagonista, ele chegou de maneira especial, com intimidade com o nosso torcedor e com a instituição. Ele vem produzindo muito em todos os jogos. Tanto na questão de decidir os jogos, quanto na liderança e também na ajuda ao sistema defensivo. Eu já estou pensando, obviamente é muito precoce, mas temos algumas possibilidades. Durante a semana vou procurar escolher o substituto – disse o treinador vascaíno.

A ausência de Nenê abre uma corrida na busca pelo substituto ideal. No elenco, três jogadores podem ser considerados como os que atuam na posição: Sarrafiore, Juninho ou MT. O primeiro passou por cirurgia no joelho. Juninho e MT foram devolvidos ao time Sub-20, mas, aos poucos têm retornado.

Há também a possibilidade de que Diniz use Andrey, adiantando Marquinhos Gabriel ou que utilize Léo Jabá e recue Gabriel Pec.

O Vasco volta a campo, na próxima sexta-feira, quando recebe o CSA, às 21h30, em São Januário.