Dia Mundial do Café: 7 ambientes dedicados à nossa paixão nacional

Arquitetos dão dicas de como criar um espaço perfeito para degustar uma das bebidas mais populares, homenageada em 14 de abril

Dia Mundial do Café: 7 ambientes dedicados à nossa paixão nacional
Neste projeto da arquiteta Julia Guadix, do Studio Guadix, a cafeteira e a bandeja com xícaras se juntaram ao espaço de lazer, fazendo companhia para adega, frigobar e forninho de pizza | Foto: Guilherme Pucci

Dia Mundial do Café, comemorado em 14 de abril, é mais uma desculpa maravilhosa para nos deliciarmos com a bebida predileta das pessoas em várias partes do mundo, especialmente no Brasil. Segundo dados recentes da consultoria Euromonitor Internacional, os brasileiros consomem, em média, duas xícaras de café por dia, fazendo com que a bebida participe ativamente da rotina das famílias, desde o café da manhã até o fim da noite, após as refeições.

Tamanha importância estimulou a presença, dentro de casa, de um cantinho dedicado ao café. E não estamos falando de um lugar improvisado, mas de uma área muito bem planejada para receber cafeteira, máquinas expressas, xícaras e outros acessórios indispensáveis. Para tornar esse local nota dez, arquitetos revelaram dicas imperdíveis e inspirações mais que especiais. Confira!

Dia Mundial do Café: 7 ambientes dedicados à nossa paixão nacional
Na reforma deste apartamento, a arquiteta Karina Korn optou por inserir o cantinho do café na cozinha, aproveitando a bancada de teca. Além da máquina, ainda há um bowl de vidro para reunir as cápsulas. Assim, o ambiente se torna prático e acompanha o design colorido do espaço. | Foto: Eduardo Pozella

Um quesito importante na hora de planejar qualquer cantinho da casa é entender o uso da família, as necessidades de cada um e, claro, saber as características do ambiente. Portanto, não tenha medo de identificar qual é o tipo de café que você e a sua família gostam e tenha claro qual lugar da casa comporta os acessórios do café. Mas do que uma bancada de apoio para a cafeteira, vale pensar, por exemplo, numa gaveta próxima para organizar colheres, guardanapos e outros itens.

Tipos de café e ambientação

Há os cafés coados, com a ajuda de filtros, as versões em cápsulas, prensa francesa, moka ou as máquinas de espresso que moem e extraem o café. Entre tantas possibilidades que revelam a cultura dos países pela forma de preparo ou a origem do grão, cada alternativa requer um tipo de equipamento e, consequentemente, apresenta um modo de preparo diferente.

No quesito espaço disponível, existem as casas mais generosas, em que não faltam ambientes para receber o cantinho do café, mas também podemos pensar nos apartamentos pequenos, que podem abrigar alternativas criativas de servir a bebida. Só depois de definir o espaço e as suas prioridades é que podemos começar a montar um ambiente. Não existe tamanho ou itens certos, detalhes como esses é que costumam nortear o planejamento.

Atualmente, o café acaba desempenhando mais do que a sua função nutritiva. Hoje, se tornou um bom motivo para bate-papos e eventos sociais. O dia a dia do brasileiro é marcado por encontros com amigos que nos convidam para tomar café, ou até mesmo aquela pequena pausa, no meio do dia intenso de trabalho, para descontrair um pouco perto da máquina. Por isso, retornando ao ambiente da casa, sabemos que o cantinho dedicado à bebida deve estar, de alguma forma, ligado à área social ou ao ambiente responsável pelas recepções da família, como exemplo, sala de estar, jantar, copa e até cozinha.

A área do café pode ser criada tanto em cima de um mobiliário ou uma bancada, por exemplo, ou pode ganhar uma peça exclusiva para a bebida e os acessórios, como um aparador ou carrinho de chá. A última opção é ótima para espaços pequenos e, por conter rodinhas, na maioria das vezes, pode migrar de um lugar para o outro com facilidade. No caso de uma casa mais ampla, planejada do zero, ainda podemos apostar em um espaço mais elaborado, com prateleiras ou um móvel com gavetas para guardar os itens usados no preparo.

Dia Mundial do Café: 7 ambientes dedicados à nossa paixão nacional
Na casa com projeto da arquiteta Pati Cillo, o cantinho de leitura, que aproveita o espaço sob a escada, ganhou a companhia de um aparador, onde a família posicionou a cafeteira e o conjunto de xícaras | Foto: Luis Gomes

O momento do café, principalmente quando atrelado ao aspecto social, é um momento de descontração e relaxamento. Por isso, é tão importante torná-lo prático. Não falamos apenas do móvel em que ele será inserido, mas sobre os itens que o envolvem também. Dispor as xícaras em ganchos ou em uma bandeja, além de deixar o ambiente bonito e convidativo, o torna prático na hora de servir todo mundo.

Para ajudar na decoração do espaço, vale usar elementos de destaque, como quadro, vaso com plantas ou até uma pintura diferente na parede. Seja com a temática de café ou não, seja divertido ou sofisticado, ele pode dar um ar descontraído e aconchegante ao conjunto.

Dia Mundial do Café: 7 ambientes dedicados à nossa paixão nacional
Neste apartamento, a cozinha e a sala de jantar foram unificadas pelo Studio Tan-Gram e uma das bancadas se tornou a área de apoio da mesa. Ela reúne nicho para adega, muitas gavetas e, sobre a bancada, os moradores deixam a cafeteira sempre à vista | Foto: Luis Gomes

Por fim, pensando em versatilidade e integração, pautas tão atuais, o ambiente compacto não precisa ser apenas o cantinho do café, mas também a área do bar em casa, com adega, etc. Hoje, é comum que encontremos o cantinho do café projetado junto a um bar ou adega, criando um lazer completo para a família.

Dia Mundial do Café: 7 ambientes dedicados à nossa paixão nacional
Nesta casa, a arquiteta Giselle Macedo e a designer de interiores Patrícia Covolo, do escritório Macedo e Covolo, usam a adega e o cantinho do café como uma solução para preencher o espaço embaixo da escada | Foto: Eduardo Pozella