Em má fase, Fortaleza recebe o Palmeiras em duelo do G-6 do Brasileirão

Neste sábado (20), Fortaleza e Palmeiras fazem duelo de G-6 pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 19h (de Brasília), na Arena Castelão. Os cearenses seguem com sua grande campanha, mas passam por fase ruim e tentam reencontrar o caminho das vitórias contra um Verdão no seu penúltimo teste antes da final da Libertadores.

No duelo do primeiro turno, no Allianz Parque, quem levou a melhor foi a equipe tricolor, vencendo por 3 a 2 com um gol no último minuto, em uma das melhores partidas da atual edição do Brasileirão.

Fortaleza x Palmeiras: prováveis escalações, desfalques, onde assistir e palpites

Yago Pikachu cobra melhor desempenho do Fortaleza: “a postura tem que ser diferente, se continuar igual vamos perder novamente”

Piquerez e Gustavo Gómez voltam a treinar na Academia de Futebol e devem reforçar o Palmeiras contra o Fortaleza

Mesmo com a campanha histórica que vem fazendo, o Fortaleza de Juan Pablo Vojvoda passa por uma fase bem complicada. São cinco jogos sem vitória, sendo quatro derrotas, uma delas, a mais dura, na última quarta-feira (17), levando um 4 a 0 do arquirrival Ceará, em uma atuação preocupante.

Para a partida, Vojvoda segue com dúvidas. David e Lucas Crispim podem aparecer de surpresa na relação, já que treinaram com bola na última semana. Quem é desfalque certo é o meia Lucas Lima, por questões contratuais, já que pertence ao Palmeiras. Algumas mudanças podem ocorrer, como o retorno do goleiro Felipe Alves e do volante Felipe ao time.

Focado na final da Libertadores, em busca do bicampeonato, o Palmeiras de Abel Ferreira não deve poupar atletas para o duelo deste sábado, visando manter o ritmo da provável equipe titular pensando no duelo do dia 27 contra o Flamengo.

Por ser uma equipe que sabe utilizar muito bem o contra-ataque, Abel deve ir com o trio de frente considerado titular, com Raphael Veiga, Dudu e Rony. A expectativa é que o time titular seja poupado apenas na próxima terça-feira (23), contra o líder Atlético-MG, na última partida antes da final. A equipe não tem nenhum desfalque.