Estudante do Colégio Bom Jesus de Rolândia conquista 1.º lugar no ranking mundial juvenil de beach tennis

Vitória Marchezini, de 16 anos, ganhou ainda o 3.º lugar em outros dois torneios realizados na Alemanha e na França, e o 2.º lugar na copa do mundo que aconteceu no Rio de Janeiro

A aluna do Colégio Bom Jesus Santo Antônio, de Rolândia, no Paraná, Vitória Cristina Carneiro Marchezini, de 16 anos, ficou em 1.º lugar no ranking da categoria juvenil e conquistou o 1.º lugar no torneio Sand Series, realizado em Brasília, no mês de outubro. Do Sand Series faziam parte ainda outros três torneios, em dois dos quais ela ficou em 3.º lugar (um na Espanha e o outro na Alemanha). Do quarto torneio, sediado na França, Vitória não conseguiu participar por conta da pandemia. No campeonato mundial, realizado no Rio de Janeiro também no mês passado, a estudante ficou em 2.º lugar, perdendo para a Itália.

Vitória começou a treinar beach tennis há três anos, incentivada pelos pais, que também praticavam o esporte. Ela conta que treina todos os dias no período da tarde, tanto na areia como na academia (para manter o condicionamento físico). Assim, consegue conciliar bem a rotina de esportes com as aulas, pois estuda de manhã e ainda podia ter acesso às aulas gravadas disponibilizadas para todos os alunos. “Na pandemia, com as aulas on-line, ficou ainda mais tranquilo para treinar. Sem falar que os professores do Bom Jesus me incentivam e me ajudam muito, permitem que eu assista às aulas depois e recupere o conteúdo com sucesso”, afirma a estudante.

A aluna do Bom Jesus pretende continuar treinando beach tennis no futuro e projeta ainda mais crescimento do esporte em nível mundial. “Vemos que o beach tennis está se profissionalizando muito, e na pandemia ele ficou mais conhecido. Acredito que logo chegue às olimpíadas”, comemora. Em relação aos estudos, Vitória afirma que seguirá com tranquilidade. “Quero continuar jogando e conquistando boas colocações, mesmo com o vestibular no ano que vem. Vou tentar conciliar tudo”, diz a aluna, que já esteve em vários países para jogar, como Alemanha, Itália, Espanha e Portugal.