Felipão explica ausência de Terans e mudanças no esquema tático do Athletico

O treinador do Athletico, Felipão, falou após a primeira derrota no comando da equipe. Já que na noite deste sábado (14), o Furacão foi derrotado por 2 a 1 pelo Fluminense, jogando fora de casa, em Volta Redonda (RJ). O treinador comentou sobre a escolha tática pelo esquema com três volantes e também sobre a ausência de David Terans, meia que nem viajou para o Rio de Janeiro.

+ Atuações ENM: Athletico perde fora de casa em péssimo jogo de Pablo; veja as notas

Felipão falou da escolha por iniciar a partida com Matheus Fernandes em um esquema com três volantes. Além de explicar a alteração no intervalo de partida, a entrada de Marlos, desfazendo a mudança tática do início do jogo.

– Começar com três volantes era para diminuir a posse de bola do Fluminense. Compactuar os setores, principalmente o meio-campo, onde eles trabalham mais e tentar criar dificuldades. A mudança no intervalo foi por estar atrás do placar e precisar de um jogador de meio mais agressivo, de menos marcação, para chegar mais vezes no gol do time adversário e em condições melhores. Tivemos duas grandes chances no primeiro tempo, além do lance polêmico com o Pedro Henrique, mas a mexida ocorreu pois eu queria um meia para tentar criar mais.

Para saber tudo sobre o Athletico, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e no Facebook.

Sobre a ausência do meia David Terans, o treinador explicou que o jogador sentiu um desconforto durante o treinamento e junto com o departamento médico, foi decidido que ele não viajasse para o Rio de Janeiro. Felipão comentou que o objetivo é preservar o atleta pensando no próximo jogo, o duelo pela Copa Libertadores.

– Foi uma escolha da comissão técnica, junto com o departamento médico e o próprio Terans. Ele nos treinamentos fez exames e não constatou lesão, mas mostrou um edema e ele também demonstrou sentir dores. Então é melhor ele se recuperar para o jogo de quarta-feira. O Terans é um jogador muito importante, é um cara que decide jogos e por isso optamos por não trazer ele para este jogo. 

Após a derrota, o Athletico permaneceu com seis pontos, em seis jogos disputados no Campeonato Brasileiro. A equipe de Felipão volta aos gramados na próxima quarta-feira (18), diante do Libertad (PAR), às 19h, na Arena da Baixada, pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores. Pelo Brasileirão, o Furacão jogará no fim de semana, domingo (22), contra o Avaí, também na Arena da Baixada.