Fish Tank: estudantes desenvolvem soluções para problemas sociais e ambientais

Projetos de empreendedorismo são analisados por participante do Shark Tank

Fish Tank: estudantes desenvolvem soluções para problemas sociais e ambientaisUm caderno de papel reciclado com sementes que, ao ser enterrado, dá origem a uma planta foi o projeto vencedor da edição deste ano do Fish Tank, prêmio de empreendedorismo do Colégio Marista de Maringá. O objetivo, segundo a equipe do grupo que recebeu o nome de Green Learning, é reduzir o desperdício de papel nas escolas.

O programa do Colégio Marista Maringá é inspirado no reality show Shark Tank, em que empreendedores competem para conseguir investimento de empresários de sucesso para seus negócios. Estudantes de 11 a 17 anos desenvolvem e apresentam projetos em inglês, que são avaliados por um grupo de jurados. Entre eles está o fundador da UniqueBox, Lincon Almeida, que participou do Shark Tank, além de empresários e administradores de empresas.

Para a  coordenadora de Internacionalização do Colégio Marista Maringá, Ana Paula Barbosa Garcia, a iniciativa desenvolve habilidades importantes dos alunos, além de exercitar a fluência na língua inglesa. “Com base no inglês, eles ativam o lado empreendedor que requer competências de negociação, escuta e oratória. Desse processo saem soluções criativas, sustentáveis e práticas”, conta.

Fish Tank: estudantes desenvolvem soluções para problemas sociais e ambientais

Fish Tank
Outras ideias que concorreram este ano foram, por exemplo, aplicativos de venda de produtos sustentáveis, rastreamento de produção de lixo e combate ao bullying, além de um sistema que reduz os resíduos sólidos de rios e riachos utilizando-se de cestas e esponjas.
A primeira edição do Fish Tank ocorreu em 2019. No ano passado, o tema motivador foi a pandemia e como contornar os desafios trazidos por ela. Além dos jurados, o público também pode votar na solução que merece ganhar o Fish Tank.

Sobre os Colégios Maristas:  os Colégios Maristas estão presentes no Distrito Federal, Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 18 unidades. Nelas, os mais de 25 mil alunos recebem formação integral, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica. Por meio de propostas pedagógicas diferenciadas, crianças e jovens desenvolvem conhecimento, pensamento crítico, autonomia e se tornam mais preparados para viver em uma sociedade em constante transformação. Saiba mais em www.colegiosmaristas.com.br.