Fluminense mostra solidez defensiva e oscila pouco em vitória no Maracanã

A vitória do Fluminense sobre o América-MG por 2 a 0, no último domingo, deu mais esperanças por uma vaga na Copa Libertadores. Mas fora isso, vale ressaltar a postura do Tricolor. O time pouco sofreu com os contra-ataques do Coelho e teve pequenos momentos de oscilação durante a partida. Agora, é manter o mesmo ímpeto diante do Internacional, pela próxima rodada do Campeonato Brasileiro.

Mesmo não tendo tantas chances, o Fluminense foi muito superior ao América-MG no primeiro tempo. O Tricolor terminou com mais de 60% da posse de bola e não viu o adversário assustar o gol de Marcos Felipe, e saiu para o vestiário em vantagem, com um gol de Luiz Henrique, que se emocionou após confirmação do VAR. O garoto é um dos destaques da equipe na temporada e fez a diferença em campo.

Na segunda etapa, o América-MG voltou com outra postura e dificultou a criação do Tricolor. Ademir e Marlon tiveram chances, mas erraram o alvo. Porém, aos poucos, o Tricolor conseguiu controlar o ímpeto americano e, aos 37 minutos, Fred matou a partida. Arias invadiu a área, caiu após disputa com Bauermann, e o árbitro marcou pênalti. O camisa 9 bateu com maestria e encerrou um jejum de mais de dois meses sem balançar a rede.

+ Atuações ENM: Fred desencanta e Luiz Henrique volta bem; vejas notas

+ Marcão expressa gratidão à torcida após vitória do Fluminense

A forte marcação adotada funcionou. O América-MG teve apenas três finalizações no jogo inteiro, e uma das peças fundamentais para isso foi o volante André. O camisa 35 fez mais uma bela apresentação, com desarmes e muita disposição que é vista há muitas partidas. Yago Felipe e Martinelli também foram importantes na recomposição e ainda ajudaram no setor de ataque.

Na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), novamente no Maracanã, o Fluminense faz confronto direto com o Internacional, oitavo colocado, com 47 pontos. O Tricolor tem 48, em sétimo lugar. Ou seja, será mais um jogo direto pela Libertadores.