Gestão de Banca – Por que ela é o divisor de água nas apostas

laptop com gráficos

A gestão de banca no mundo para um apostador é tão importante quanto a gestão financeira de uma empresa, ambos vão a falência caso a gestão não seja feita da forma correta.

No mundo das apostas esportivas os primeiros que caem são as pessoas que não se preocupam com a gestão da sua banca, não estipulam metas e nem estratégias para as aposta e no fim, o pior acontece, o dinheiro acaba e a pessoa fica chorando e se arrependendo por não ter tomado decisões melhores.

Por mais divertido que seja apostar, dinheiro é coisa séria, uma decisão pode fazer uma pessoa ficar rica ou ir à falência, afinal ganhar dinheiro não é tarefa fácil, é preciso estudo e dedicação para ter êxito nesse mundo.

A gestão de banca é tão importante que esse artigo será destinado para falar apenas dela.

Neste artigo será abordado tópicos como:

  • O que é gestão de banca?
  • Por que é necessário ser feita?
  • Dicas para fazer uma ótima gestão de banca.

O que é Gestão de Banca

A gestão de banca é literalmente a administração das finanças totais que uma pessoa tem para apostar e como esse montante será trabalhado. O que isso quer dizer? Bom, um apostador por mais profissional que seja nunca vai ganhar todas, vão existir épocas de ganhas contínuos e épocas de resultados negativos contínuos, esse cenário é chamado de “bad runs”. Qualquer profissional no mundo das apostas sabe que ganhar dinheiro é praticamente um ciclo.

Isso significa que é necessária uma gestão de banca para saber a hora de investir para ganhar dinheiro e a hora de ser cauteloso quando o cenário não é tão propicio.

Para quem está entrando nesse mundo agora é importante saber que perder faz parte do jogo, no começo provavelmente haverá mais prejuízos do que lucros, com o tempo e o conhecimento esse cenário muda e os ganhos começam a chegar.

Por que é necessário fazer uma Gestão de Banca

Como foi citado acima, haverá cenários propícios para ganhar e cenários propícios para perder, isso é regra para todos os apostadores por melhor que sejam.

A gestão de banca não serve para fazer o apostador deixar de perder dinheiro, a gestão serve para o apostador perder o mínimo possível nos cenários ruins e ganhar o máximo possível nos senários bons, quando o lucro é quase certo.

Basicamente a gestão de banca serve para amortecer suas perdas em momentos difíceis, mas também administra sua banca para você não perder todo o seu dinheiro.

3 Dicas para fazer uma ótima Gestão de Banca

A gestão de banca deve fazer parta da vida de um apostador, existem diversas técnicas de gestão de banca, mas afinal: Como montar uma boa gestão de banca?

Essa pergunta é muito comum em meio aos iniciantes e não é tão simples de ser respondida. Nesse tópico vou dar 3 dicas para facilitar a vida do iniciante na hora de fazer sua gestão de banca.

É importante prestar muita atenção nessa etapa, qualquer erro na sua gestão pode ter consequências extremamente negativas.

Lembrando que, essas dicas são para apostadores em sua maioria iniciantes, existem outras formas de montar uma banca, essas dicas são para uma gestão de banca mais segura e conservadora.

Dica 1: Entenda o orçamento

Não entender do orçamento destinado as apostas é um erro muito grave, toda a estratégia nas apostas é baseada no orçamento disponível, não existe a possibilidade de criar uma estratégia baseado em R$100.000,00 se apenas existem R$10.000,00 disponvieis.

Com base no entendimento do orçamento, a gestão de banca fica mais simples, jamais tire o dinheiro de dentro de casa para colocar nas apostas, o dinheiro para apostas deve ser um dinheiro que não irá fazer falta.

Dica 2: Dividir o orçamento total

Se o montante total disponível forem R$10.000,00, é preciso dividir esse montante em unidades, geralmente são divididos em 50 unidades. Essa atitude, além de facilitar na hora das apostas, dividir o valor total em unidades ajuda a pessoa, caso perca, há não ter algum problema emocional por ver o dinheiro indo embora.

Dica 3: Colocar limite nas apostas

No mundo das apostas existem um termo muito utiliza, o Stake, ele tem a função de determinar a confiança do apostador em cada tipo de aposta.

Os Stakes variam de 0 até 10, sendo 0 o nível mais baixo de confiança e 10 o mais alto. No mundo das apostas nem sempre será possível investir no Stake mais alto, para isso é preciso limitar as apostas.

Depois de identificar o Stake da aposta é possível determinar o valor que será investido, níveis de confiança considerados pequenos, é preciso investir uma quantidade baixa de unidades, já níveis de confianças mais altos, como o caso de Stake de 9 e 10, você pode investir mais unidades.

A grande sacada é jamais investir tudo em uma aposta cujo o Stake seja 9 ou 10, independente da certeza que a pessoa tem em relação as apostas, é sempre importante limitar.

Grandes apostadores esportivos dão a dica de investir (baseado em $10,000.00):

  • 0,5 a 1 Unidades em apostas com nível de confiança baixo.
  • 1,5 a 2 Unidades em apostas com nível de confiança media.
  • 2,5 a 3 Unidades em apostas com nível de confiança alta.

Isso significa que mesmo se a pessoa possuir 50 unidades, não é recomendado investir mais de 3 unidades em uma aposta por mais segura que seja, estabelecer esse limite é um divisor de águas entre perder tudo e ganhar dinheiro, mesmo que seja em poucas quantidades. Caso a quantia disponível for menor, é possível investir mais unidades ou diminuir o numero de unidades.