Gestor anuncia mudanças no Mageense e foco em trabalho de clube empresa

Sexto colocado na Série B2 do Campeonato Carioca, o Mageense deu mais um passo para seguir o planejamento traçado no início da temporada, que visa uma total transformação no seu departamento de futebol. Com isso, José Carlos Pereira, que vinha acumulando os cargos de gerente de futebol e treinador, passará o comando na beira do gramado para Daniel Nascimento, após a partida do próximo final de semana, diante do Ceres.

Desde que chegou no Mageense, no mês de maio, o experiente gestor esportivo José Carlos Pereira, que acumula passagens por clubes do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Santa Catarina, São Paulo, além de ter atuado na Europa e Ásia, tem sido o responsável pela reestruturação e profissionalização do futebol do Mageense. José Carlos foi quem deu início aos trabalhos no primeiro semestre com a organização do departamento de base e montagem do elenco para a disputa da B2. Treinador nas três primeiras rodadas, ele ajudou o clube a conquistar quatro pontos, além de ter sido eleito o melhor técnico na rodada de estreia. O profissional é conhecido no futebol pelo entusiasmo na transformação da gestão atual para o modelo de empresa.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

— Vejo que a saída do futebol é com a transformação do clube em empresa. Aqui nós temos todo o suporte do presidente Cinho, que tem essa visão e sabe da importância do trabalho profissional. Esse modelo já funciona e sempre foi sucesso na Europa. Hoje estamos acompanhando os resultados do Bragantino aqui no Brasil. Por isso acredito que com a minha experiência é possível fazer um trabalho parecido, guardadas as devidas proporções, no Mageense. Internamente já estamos observando os resultados, seja dentro de campo, seja na organização de atletas que hoje já começam a servir outros clubes, mas com vínculo de formação passando pelo Mageense — explicou o gerente de futebol, que seguiu falando sobre a chegada do novo treinador.

— Na verdade não é uma troca. Sou treinador, tenho licença A, mas vim aqui para gerir o futebol e pensar como empresa, e assim estamos fazendo. Estamos organizando a casa e logo seremos exemplo para outros clubes do Rio e do Brasil. Tudo foi pensado, o Daniel chegou junto comigo aqui no Mageense, fez parte da montagem do trabalho e vai seguir a nossa metodologia. Ele já foi meu atleta no São Cristóvão, foi treinador da base do clube, tem passagem pelo Sub-20 do Macaé e se preparou para esse momento — encerrou José Carlos Pereira.

O Mageense volta a campo no próximo domingo (10), pela 4ª rodada da B2, diante do Ceres, no estádio Nélio Gomes ainda com José Carlos Pereira na beira do Gramado. Daniel Nascimento assume o time diante do Campos, na 5ª rodada.