Grêmio atrasa pagamento dos direitos de imagem de dezembro

Valor que era pra ser pago no dia 20 de dezembro, o Grêmio acabou não conseguindo depositar os direitos de imagem dos jogadores e acertou o pagamento para janeiro de 2022.

A direção justifica este atraso por ainda não ter recebido o valor da participação no Brasileirão, já que, mesmo rebaixado, o clube recebe R$ 11,8 milhões; além da inadimplência do Porto, que ainda deve R$ 15 milhões da parcela de venda do atacante Pepê.

Para saber tudo sobre o Grêmio, siga o Esporte News Mundo no Facebook, Twitter e Instagram.

Sendo assim, houve impacto geral de R$ 25 a 30 milhões no caixa gremista. Mas ainda assim o clube alega ter conseguido pagar em dia o 13º salário e o restante dos vencimentos.

Cabe ressaltar que os direitos de imagem são uma parte da remuneração aos jogadores e que não podem ultrapassar 40% do total. A diretoria também afirma que não apelará para empréstimos bancários até o fim de 2021.