Grupo E: Alemanha e Espanha fazem jogo de campeãs

O Grupo E da Copa do Mundo do Qatar 2022, sorteado nesta sexta (1), colocou frente a frente duas das últimas três seleções a ganharem o Mundial: Espanha, campeã de 2010; e a campeã de 2014, Alemanha — que estava no pote 2, por conta de resultados questionáveis no último ciclo de Copa que tiraram os alemães do quadro de cabeças-de-chave. O Japão que estava no pote 3, e que vem sendo figurinha carimbada nas últimas seis Copas e caminha para a sua sétima, onde vai encarar essas duas grandes potências. A última vaga será decidida na repescagem internacional que ocorrerá em Doha em junho, entre Nova Zelândia e Costa Rica.

A Espanha se classificou para a Copa do Mundo, ao liderar o Grupo B das Eliminatórias da UEFA, com quatro pontos na frente da segunda colocada Suécia. A Espanha se recolocou na primeira prateleira no futebol mundial, quando chegou nas semifinais da Eurocopa 2020 e na final da Nations League em 2021. Embora tenha sido vice para a França, esta campanha colocou em evidência o ótimo trabalho de Luís Enrique e uma geração cheia de jovens jogadores com destaque na Europa, como Ferrán Torres, Eric García, Pedri, Gavi, Yeremi Pino e tantos outros. A Espanha brigará com a Alemanha pela primeira posição do grupo.

Embora não seja cabeça-de-chave, a Alemanha sempre chega em Copa do Mundo com status de favorita, afinal são tetracampeões do mundo. Os germanos se classificaram com folga assim como seus oponentes espanhóis. Fizeram 26 pontos no Grupo I das Eliminatórias e terminaram em primeiro lugar com seis pontos na frente da Polônia. A diferença entre as duas superpotências europeias está na campanha em que as duas seleções tiveram durante do ciclo de Copa: enquanto a Espanha se reascendeu, a Alemanha segue em estado de baixa, desde a eliminação na fase de grupos em 2018 — vide a campanha vexatória da Euro 2020 com uma queda nas oitavas de final.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook.

A Seleção Japonesa completa o quadro de esquadras já classificadas no grupo. O Japão está com uma invencibilidade de sete jogos, e se classificou em segundo lugar no seu grupo das Eliminatórias asiáticas, atrás apenas da Arábia Saudita. Os japoneses entram como azarões nesse grupo, mas contam com companhia: Nova Zelândia ou Costa Rica se juntará aos nipônicos, numa tentativa de desbancar os europeus. A Nova Zelândia chega para repescagem após ser campeão das Eliminatórias da Oceania e encara uma Costa Rica em baixa, que terminou sua classificatória apenas em quarto — porém, contam com mais experiências em Copas e já desbancou campeãs do mundo em outras oportunidades. Em junho, após jogo de repescagem no Catar, o grupo E estará finalmente definido.