Guia NBA: Futuro de Grizzlies e Pelicans, reconstrução em San Antonio e Houston, além de Dallas emergente ; saiba um prognóstico dos times do Sudoeste

Esse é o guia da NBA da Divisão Sudoeste, onde vamos falar sobre a história, momento atual e expectativa para a temporada que vai se iniciar das cinco equipes que a integram. São elas, o San Antonio Spurs, Houston Rockets, New Orleans Pelicans, Dallas Mavericks e o Memphis Grizzlies. Vale lembrar que a temporada de 2021 se inicia neste mês, mais precisamente no dia 20.

San Antonio Spurs

A tradicional equipe do San Antonio Spurs, ou somente Spurs, como é chamado carinhosamente pelos amantes do esporte, se localiza no Texas. Os Spurs foram fundados em 1967 como Dallas Chaparrals, depois em 1970 mudou de nome para Texas Chaparrals. Foi então que finalmente em 1973 se mudou para San Antonio e teve seu nome alterado para San Antonio Gunslingers, mas antes mesmo de estrear, seu nome foi alterado para o que conhecemos hoje, San Antonio Spurs.

Os Spurs mandam suas partidas no AT&T Center, o ginásio da cidade. Em seus 54 anos de história, conquistaram cinco títulos do campeonato (1999, 2003, 2005, 2007 e 2014), seis tentos de conferência (1999, 2003, 2005, 2007, 2013 e 2014) e 22 conquistas de divisão (1978, 1979, 1981, 1982, 1983, 1990, 1991, 1995, 1996, 1999, 2001, 2002, 2003, 2005, 2006, 2009, 2011, 2012, 2013, 2014, 2016 e 2017). Os quatro principais nomes da história da equipe são: Tony Parker, Manu Ginóbili, Gregg Popovich e Tim Duncan.

Na temporada passada os Spurs não conseguiram alcançar os Playoffs, pois foram derrotados pelo Memphis Grizzlies. Nesta pré temporada, a equipe de San Antonio conquistou apenas duas vitórias em oito partidas disputadas. Por isso, a temporada da equipe não promete ser uma das melhores, ainda mais por conta desses números que vêm sendo demonstrados, o que não é nem de perto um número esperado para essa franquia tão vitoriosa na história do campeonato.

Para a temporada regular, esperamos muito para ver como será o desempenho de Keldon Johnson, que vem sendo um dos maiores pontuadores da equipe até aqui. Além dele, Bryn Forbes também tem uma expectativa em cima de seu desempenho, ainda mais após a partida diante do Detroit Pistons, onde saiu do banco para marcar 20 pontos e ser o líder nesse quesito da equipe.

No Draft, os Spurs selecionaram o ala-armador Joshua Primo e o ala Joe Wieskamp. Além disso, DeMar DeRozan (ala-armador) e Lamarcus Aldridge (Pivô) mudaram de equipe. Fora isso, a equipe não foi ao mercado até aqui e segue com a provável equipe titular, Keldon Johnson (Ala), Dejounte Murray (Ala), Derrick White (Armador), Samanic (Pivô) e Eubanks (Pivô).

Agora, os Spurs vão estrear diante do Orlando Magic, dia 20 deste mês, às 21h30 (horário de Brasília), no Ginásio AT&T Center.

New Orleans Pelicans

O atual New Orleans Pelicans passou por duas grandes mudanças em sua história. A primeira foi a saída do New Orleans Jazz para a cidade de Utah, e a segunda foi a volta dos Hornets para Charlotte, após ter de jogar na cidade de Oklahoma City até 2013 por conta do grande desastre causado pelo Furacão Katrina. No ano de 2013, a cidade conseguiu se recuperar e trazer sua franquia de volta, mas agora o nome era outro: New Orleans Pelicans. O Pelicano foi inserido no nome da equipe por ser o pássaro oficial da Louisiana.

Os Pelicanos mandam suas partidas no Smoothie King Center, e conquistaram um título de divisão, em 2008. Os principais nomes da equipe são: Pete Maravich, Anthony Davis e Quincy Pondexter.

Nas últimas sete partidas de pré temporada, os Pelicans conquistaram seis vitórias e sofreram apenas uma derrota diante do Minnesota Timberwolves por 117 x 114. Vale destacar que por conta do bom desempenho, a equipe de New Orleans já se mantém na frente dos rivais de divisão no quesito favoritismo, pois as outras não tiveram um bom desempenho até agora.

Para a temporada que há de se iniciar, os holofotes se voltam para o quarteto principal. O astro Zion Williamson terminou a temporada anterior com uma média de 27 pontos. No quesito rebote, o Lituano Jonas Valanciunas é o principal nome. Já nas assistências, Devonte Graham é quem vai comandar a equipe.

No Draft os Pelicans selecionaram o ala Trey Murphy III e o ala-armador Herbert Jones. Os dois jogadores que deixaram a equipe foram Lonzo Ball (armador) e Steven Adams (Pivô). No elenco titular temos o único jogador a vir por transferência para a franquia, Jonas Valanciunas (Pivô), fora ele temos, Zion Williamson (Pivô), Naji Marshall (Ala), Trey Murphy III (Ala) e Devonte Graham (Armador).

A equipe dos Pelicans estreia no campeonato diante do Philadelphia 76ers, dia 20 deste mês, às 21h (horário de Brasília), no Smoothie King Center.

Memphis Grizzlies

A franquia do Memphis Grizzlies é a única equipe do Tennessee nas quatro ligas norte-americanas (NHL, NFL, NBA e MLS) a jogar em Memphis. O antigo nome da franquia foi Vancouver Grizzlies, quando a equipe ainda pertencia ao Canadá (1995-2001). A mudança para a cidade de Memphis se deu porque o público deixou de acompanhar o time por conta de resultados ruins, já que foram a franquia com o pior aproveitamento por dois anos seguidos. Seus três principais jogadores foram: Shareef Abdur-Rahim, Shane Battier e Mike Miller.

Os Grizzlies mandam suas partidas no FedExForum, e até aqui não conquistaram nenhum título em sua história, mas vem se empenhando muito para que isso aconteça em um futuro próximo, apostando tudo na nova geração. Em cinco partidas, a equipe ganhou quatro e sofreu apenas uma derrota. 

Para a temporada atual, os Grizzlies tem de tudo para chegar longe. Ja Morant é o líder da equipe no quesito pontuação e assistências. Já Steve Adams vem sendo o maior reboteiro. Com isso, tudo indica até agora, que a briga pelo título de divisão vai ser bem disputada contra o New Orleans Pelicans, que possui também um ótimo aproveitamento.

No Draft, os Grizzlies trouxeram o ala Ziaire Williams e o pivô Santi Aldama. O único nome a sair da equipe foi o pivô Jonas Valanciunas. Além disso o pivô Steven Adams foi o único a vir até agora na janela de transferência. Portanto, a equipe titular deve ser, Desmond Bane (Ala), Ja Morant (Armador), Jackson Jr. (Ala), Steven Adams (Pivô) e De’Anthony Melton (Armador).

O Memphis Grizzlies estréia no campeonato diante do Cleveland Cavaliers, dia 20 deste mês, às 21h (horário de Brasília), no FedExForum.

Houston Rockets

Vamos falar da segunda maior franquia em número de títulos do campeonato na Divisão Sudoeste. A equipe foi fundada em 1967 como San Diego Rockets, o que durou até o ano de 1971 quando se mudou para a cidade de Houston, no Texas. Durante os anos, a equipe se desenvolveu e chegou a primeira final com a liderança do duas vezes MVP (Jogador mais valioso da temporada), Moses Malone, mas acabou sendo derrotado pelos Celtics de Larry Bird e Kevin McHale. Os dois títulos de campeonato vieram com a dupla apelidada de “Torres Gêmeas”, formada por Hakeem Olajuwon e Ralph Sampson, nos anos de 1994 e 1995.

Além dos títulos de campeonato, a franquia possui quatro conquistas de conferência (1981, 1986, 1994 e 1995) e oito de divisão (1977, 1986, 1993, 1994, 2015, 2018, 2019 e 2020). Os Rockets mandam suas partidas no Toyota Center.

Kevin Porter Jr. e Jalen Green são os principais nomes da equipe para a temporada que há de vir, principalmente por dividirem uma boa consistência nos três quesitos principais da equipe (pontuação, rebotes e assistências nesta pré temporada. Ou seja, essa dupla vai dar muito trabalho.

No Draft, a equipe recrutou o ala Jalen Green, os pivôs Alperen Sengün e Usman Garuba e o ala-armador Josh Christopher. Como baixa, podemos citar o ala-armador James Harden. Apostando na juventude, os Rockets tem o seguinte time titular, Jalen Green (Ala), Christian Wood (Pivô), Kevin Porter Jr (Armador), Daniel Theis (Pivô) e Danuel House Jr. (Ala).

Os Rockets vão estrear na temporada regular diante do Minnesota Timberwolves, dia 20 deste mês, às 21h (horário de Brasília), no Target Center.

Dallas Mavericks

Primeiramente, vamos conhecer a gloriosa história da franquia texana do Dallas Mavericks. A equipe dos Mavs, como é carinhosamente chamada, foi fundada em 1980 para cobrir o vazio deixado pelo Dallas Chaparrals (atual San Antonio Spurs). Os fundadores foram os empresários Don Carter e Norm Sonju. Esse nome foi escolhido como uma homenagem ao seriado de faroeste chamado “Mavericks”, inclusive um dos sócios do time era o astro dessa série. Antes de se instaurar na Divisão Sudoeste da NBA, a franquia pertencia a Divisão Meio-Oeste, na Conferência Oeste.

Atualmente, os Mavs são a sexta franquia mais valiosa da liga e mandam seus jogos no American Airlines Center, no Texas. Sua primeira e única conquista de campeonato veio em 2011, diante da forte equipe do Miami Heat, que tinha vencido os dois confrontos valendo o campeonato anteriormente. O elenco era recheado de estrelas, como por exemplo o trio, Nowitzki, Jason Kidd e Jason Terry. Fora isso, o time também faturou dois títulos de conferência (2006 e 2011) e quatro de divisão (1987, 2007, 2010 e 2021).

Liderados pelo astro Luka Doncic, os Mavericks ficaram com o oitavo lugar na temporada regular, tendo 42 vitórias e 30 derrotas no total. Com isso chegaram aos playoffs, coisa que não acontecia desde 2019. Nos playoffs foram eliminados na primeira rodada, após perder a série por 4 x 3, em um duro confronto diante do Los Angeles Clippers.

Siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook

Nesta pré temporada, a equipe não vem bem, pois de cinco confrontos perdeu quatro e venceu um, o que nos faz ter um olhar pessimista sobre como será seu desempenho nessa  temporada que já começa no dia 21 deste mês. Mas uma notícia que deixará o torcedor da franquia feliz é o desempenho de Luka Doncic, que tem 29.5 pontos de média e também Porzingis, com 20.3. Fora a chegada de Jason Kidd ao comando do time.

Sem muita surpresa, os reforços dos Mavericks foram poucos para o elenco da temporada. Reggie Bullock vindo do New York Knicks ainda precisa se entrosar com o resto do elenco e segue com uma média de 9.5 pontos. Já Moses Brown, que veio do Oklahoma City Thunder, conseguiu se entrosar mais e atualmente tem em média 10.4 pontos.

No Draft, a equipe optou por não trazer nenhum jogador. Já o ala-armador Joe Richardson saiu da equipe. Como não contratou ninguém no mercado, os Mavericks seguem com o seguinte time titular, Kristaps Porzingis (Pivô), Luka Doncic (Armador), Dwight Powell (Pivô), Tim Hardaway Jr. (Ala) e Eugene Omoruyi (Ala).

Os Mavericks entram em quadra pela temporada regular dia 21, às 20h30 (horário de Brasília) diante do badalado Atlanta Hawks, no State Farm Arena.