Há cinco anos, Gabriel Pires estreava como profissional pelo Paraná: ‘deu um gelo na barriga’

O jogo entre Paraná Clube e Tupi-MG, em 25 de novembro de 2016, pela Série B do Campeonato Brasileiro daquele ano, marcou a carreira do meia Gabriel Pires. Há cinco anos, o meio-campista fazia a sua esteia como jogador profissional. Atualmente com 50 partidas defendendo o time tricolor, o atleta de 22 anos relembrou momentos da partida especial.

“Foi o último jogo do campeonato, não valia mais nada, apenas para cumprir tabela. Eu já tinha sido relacionado em outros jogos, mas só ficava no banco. Tinha a esperança de entrar, mas acabava não entrando. Daí, nesse jogo, eu não imagina que ia entrar por ser muito novo. Mas quando o técnico me chamou deu um choque na hora e deu um gelo na barriga”, disse Gabriel Pires, que acrescentou sobre a sensação de pisar no gramado:

“Porém, entrei tranquilo em campo e coloquei na minha cabeça de jogar o meu futebol. Mesmo assim fiquei um pouco nervoso, mas o maior sentimento era de felicidade. Estava realizando o sonho de muitas pessoas, era o meu de criança e de muitas também”, concluiu.

Na sequência, Gabriel Pires integrou os elencos de base do Paraná e passou pelo time sub-20 do Atlético-MG, durante o segundo semestre de 2019, antes de se firmar no elenco profissional do clube paranaense, na temporada de 2020. Desde então, foram 43 jogos realizados e um gol marcado.