Heroic compra vaga de MIBR no circuito Blast

A Blast comunicou nesta quinta-feira, por meio de suas redes sociais, a oficialização da compra da vaga por parte da equipe norueguesa Heroic. A vaga pertencia ao MIBR e foi definida após uma disputa “altamente competitiva” entre múltiplas “organizações de elite do Counter-Strike”.

O diretor executivo da Blast comentou que a adição da Heroic a competição trará um nível novo de “interesse, competitividade  e investimento”, e ainda adicionou que as atuações recentes do time norueguês são prova de que eles pertencem no mundo da “elite do Counter-Strike”.

Apesar da decisão da venda ter vindo diretamente da Immortals Gaming Club (IGC), organização dona do MIBR, o técnico da equipe brasileira Bruno “Bit” Fukuda demonstrou apoio a decisão através de seu twitter:

O evento acontece tanto na América do Norte quanto na Europa e a competição é dividida em duas temporadas ao longo do ano, a Spring e a Fall, após as finais os times vencedores jogam a Global Final valendo o título e a premiação de um milhão de dólares. A liga conta com 12 vagas para times membros e mais 6 que são definidas a partir de qualificatórias. Portanto, apesar do MIBR ter vendido seu lugar, sua participação ainda pode acontecer, ainda que agora seja obrigado a disputar com times como Furia, Imperial, entre outros, o que dificulta a presença no torneio.

Após a venda, as vagas ficaram com as seguintes equipes: Astralis, Natus Vincere, Liquid, G2, FaZe, NIP, Vitality, BIG, OG, Complexity, Evil Geniuses e Heroic.

O capitão da Heroic, Casper “cadiaN” Møller, comentou sobre a grande oportunidade de fazer parte do time de parceiros da Blast e ainda comemorou “Os jogadores se esforçaram muito, assim como a organização. Estamos fazendo história”.

Para saber mais sobre Counter-Strike e e-sports, siga o Esporte News Mundo pelo TwitterFacebook Instagram.