Índio ou Mugni, quem assume o meio campo do Bahia?

Além da preocupação com a tabela do Brasileirão, Guto Ferreira ganha agora outra dor de cabeça, mas das boas: Quem escalar no meio campo do Bahia, Lucas Mugni ou Índio Ramirez?

Ambos os jogadores vivem momentos diferentes. Índio passou todo o primeiro semestre deste ano lesionado, voltando a atuar contra a Chapecoense por 27 minutos, saindo do banco, no dia 24 de Outubro. O colombiano, que foi um dos principais jogadores do Bahia na temporada passada, também entrou no decorrer da partida contra o Ceará, onde ficou em campo até o fim da partida, durando 19 minutos. Contra o Juventude, na última partida, Guto optou por não utilizá-lo.

Já Lucas Mugni esteve ausente nos últimos três jogos por conta de uma lesão muscular, mas já treina com bola e pode voltar a ser opção no elenco do Bahia.

A pergunta que fica é quem assume a função de meia armador do tricolor, já que, mesmo quando Mugni esteve lesionado, Guto optou por adiantar Daniel e colocar Jonas como volante e outrora escalou Rodallega, recuando Juninho Capixaba e Raí Nascimento.

Entretanto, Jonas não tem apresentado bom estado físico e não deve ter condições de atuar contra o São Paulo, e Rodallega não deve ser escalado por Guto não querer se expor tanto contra um time de elenco mais robusto, como fez contra o Ceará. Caso Mugni volte, não deve ser unanimidade no meio campo do Bahia, e deve disputar vaga com Índio. O argentino tem em suas características a cadência e o bom passe, já Ramirez a velocidade e o dinamismo.

+ Para se ligar nas notícias do Bahia, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook.
Foto: Felipe Oliveira/ EC Bahia

AGENDA

O Bahia volta a campo no domingo, 7, quando enfrenta o São Paulo, às 18h15, na Arena Fonte Nova.