Jardim Botânico e Câmara Municipal recebem iluminação especial no Dia Mundial da Hemofilia

Objetivo é chamar atenção da sociedade e difundir informações sobre doença 

A estufa do Jardim Botânico de Curitiba e o Palácio Rio Branco, sede da Câmara Municipal,  receberão iluminação vermelha a partir deste domingo, 17, como parte das ações realizadas em  todo o mundo no Dia Mundial da Hemofilia, 17 de abril. O Objetivo é chamar a atenção da  sociedade e difundir informações sobre a doença. 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil possui cerca de 12 mil pessoas  diagnosticadas e ocupa o quarto lugar no mundo em número de pacientes hemofílicos. A doença  se manifesta quase exclusivamente em homens, afetando 1 em cada 5.000 meninos. Pessoas com  essa condição têm dificuldade de cessar sangramentos de forma natural, podendo conviver com  hematomas, inchaço e dores — ou até mesmo com problemas mais sérios, como a redução da  mobilidade.  

No Paraná os pacientes podem contar com o apoio da Associação Paranaense dos Hemofílicos  (APH), fundada em 1974, com o objetivo de trabalhar para tornar o Paraná referência no acesso  ao tratamento especializado e de qualidade à pessoas com Hemofilia e doença de Von Willebrand.  “Quanto mais conhecermos a doença e mais precoce for o início do tratamento, menores serão as  sequelas e maior a qualidade de vida das pessoas”, afirma o presidente da APH, Lucas Vinicius  Schirmer. 

APH – ASSOCIAÇÃO PARANAENSE DOS HEMOFÍLICOS 

www.fator.org.br – [email protected] 

@ instagram.com/aph_hemofilia/ 

@ facebook.com/aph1974/