Klopp comenta vantagem já conseguida pelo Manchester City na Premier League

Com a derrota por 1 a 0 para o Leicester, nesta terça-feira (28), no King Power Stadium, o Liverpool perdeu a chance de se aproximar do Manchester City, que lidera a Premier League. Além disso, a distância, que atualmente é de nove pontos, pode ficar ainda maior se o City conseguir vencer os seus próximos jogos. Apesar de a competição ter chegado em sua metade neste momento, a vantagem do City já é fator de preocupação para Jurgen Klopp.

O treinador comentou sobre a diferença na tabela de classificação, mas admitiu que a sua principal preocupação é fazer o Liverpool apresentar um futebol de melhor qualidade. Somente desta maneira Klopp vê uma saída para que o time volte a disputar a primeira colocação da Premier League de maneira mais próxima ao City.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

— Ainda vamos enfrentar o Chelsea e obviamente um de nós vai ficar ainda mais distante do Manchester City. Com certeza não era isso que estávamos planejando. Não podemos dar a chance do City abrir uma grande vantagem. Sei que temos condições de atuar de maneira muito consistente e podemos pontuar para tentar encurtar essa distância. Mas a minha preocupação principal é fazer o nosso time render melhor e não a distância do Manchester City — avaliou Klopp, também abordando o que é necessário para o time evoluir o nível de atuação.

— Obviamente temos que apresentar um esforço maior. Eu não gostei da nossa atuação contra o Leicester, para ser sincero. Então temos que fazer melhor e jogar melhor. Vamos ter alguns dias para conversar com os jogadores a ajustar algumas coisas para tentar melhorar o nosso desempenho. Atuações como estas não podem se repetir — encerrou Klopp.

Com a derrota para o Leicester, o Liverpool se manteve na segunda posição da Premier League com 41 pontos. No entanto, o Manchester City joga nesta quarta-feira (29), contra o Brentford, fora de casa, e pode ampliar a distância na liderança. O Liverpool só volta a campo no próximo dia 02 de janeiro, quando vai visitar o Chelsea, em Stamford Bridge.