Lukaku é cortado do jogo contra o Liverpool após entrevista polêmica

Romelu Lukaku estará de fora do próximo jogo do Chelsea pela Premier League, neste domingo (2), após decisão do técnico Thomas Tuchel. O comandante dos Blues havia expressado indignação às declarações do atacante belga e resolveu tirar o jogador da partida contra o Liverpool, concorrente direto na competição.

+ Para saber tudo sobre Futebol Internacional, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

Lukaku é um dos principais reforços do Chelsea para essa temporada, mas está com um rendimento abaixo do esperado. A polêmica envolvendo o jogador e resultando em seu descarte para o jogo crucial contra o Liverpool passa pela sua entrevista concecida à Sky Sports Itália, sem conhecimento do clube, no qual o belga diz que não está feliz com sua situação, que o técnico prefere jogar de uma forma diferente e chegou a citar a Inter, seu ex-clube, dizendo que ainda voltará no seu auge para ganhar mais títulos.

Com a repercussão negativa da entrevista de Lukaku, Tuchel concedeu outra entrevista comentando sobre as declarações de seu jogador: ‘Sendo sincero, não gostei porque trazem barulho que não precisamos agora. É fácil tirar declarações de contexto e por isso não gostei. Criam um ruído que não precisamos e que não nos ajuda em nada’, completa o técnico.

Após as declarações do jogador e do treinador, era especulado que o belga seria mesmo ‘barrado’, até que a poeira abaixasse para o lado dos Blues, que não estão em um bom momento no campeonato inglês. Tuchel parece ter dores de cabeça vendo seu principal reforço sem contribuir à altura e dando declarações fortes à sua equipe.

Com o Chelsea em busca de recuperar a primeira posição da Premier League, o time precisa contar com a força máxima do time, já que, neste momento, o Manchester City está embalado e abriu uma vantagem de 11 pontos sobre o time de Tuchel, que apresenta dificuldades para conseguir seus resultados nas últimas partidas.

Além da busca ao City, os Blues devem abrir o olho para não serem ultrapassados pelo Liverpool, que tem um jogo a menos e pode assumir a segunda posição na tabela, lugar ocupado pelo próprio Chelsea. Com o início promissor do Chelsea, que ficou algumas rodadas na liderança, a queda de rendimento custou a primeira e poderá custar a segunda posição, ficando cada vez mais difícil de recuperar. Automaticamente, o Manchester City ganha mais força a cada vitória, abrindo mais vantagem sobre as outras equipes e ampliando seu favoritismo ao título inglês.