Lukaku se desculpa com torcedores da Inter de Milão e promete retorno

O atacante belga Romelu Lukaku voltou ao Chelsea na atual temporada, mas não tem estado feliz no clube inglês. Apesar de ser considerado um jogador importante para o elenco de Thomas Tuchel, o jogador tem encontrato dificuldades para se encaixar num novo estilo de jogo do treinador alemão. Durante entrevista à “Sky Sports Itália”, Lukaku falou sobre a situação e sua vontade de retornar à Inter de Milão.

Em outubro, Lukaku sofreu uma lesão no tornozelo e ficou cerca de um mês fora. Após isso, o jogador testou positivo para a Covid-19 e perdeu mais três jogos do Chelsea. Mesmo diante dos problemas de saúde, o atacante garantiu que está em suas melhores condições físicas.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

 — Fisicamente estou bem,  mas não estou feliz com a situação no Chelsea. Tuchel optou por jogar com outro sistema e eu não vou desistir, vou ser profissional. Não estou feliz, mas vou tentar ajudar a equipe da melhormaneira possível — disse Lukaku.

No entanto, o ponto que mais chamou a atenção na entrevista do jogador foi o fato de o atacante ter pedido desculpas à torcida da Inter de Milão. Antes de aceitar retornar ao Chelsea, Lukaku atuou por duas temporadas pelo clube italiano e conseguiu números excelentes. De acordo com ele, a forma como saiu não foi a ideal.

— Acho que tudo o que aconteceu no verão passado não deveria ter acontecido assim. A maneira como saí da Inter, como me comuniquei com os torcedores… isso me incomoda porque não era o momento certo. Sempre disse que tenho a Inter no coração e sei que voltarei, espero que sim — disse Lukaku, prometendo um retorno ainda no auge de sua carreira.

— Eu realmente espero, do fundo do meu coração, voltar à Inter. Não no final da minha carreira, mas quando eu ainda estiver no topo, para ganharmos muitas coisas juntos. Quero pedir desculpas aos torcedores da Inter. O que fizeram por mim eu jamais vou esquecer — garantiu Lukaku.

Na atual temporada, o atacante de 28 anos participou de 18 partidas e marcou sete gols. O atleta vem numa sequência positiva e conseguiu deixar a sua marca nos últimos dois jogos do Chelsea. Atualmente a equipe está na segunda colocação da Premier League, com 42 pontos, oito a menos do que o líder Manchester City.