Lutador do UFC, Kevin Holland impede tiroteio em restaurante de Houston

Novamente um lutador do UFC deu uma de herói e impediu tragédias de acontecer. Kevin Holland, lutador da categoria dos meio-médios da organização, evitou que um atirador cometesse um massacre dentro de um restaurante da cidade de Houston (EUA).

Segundo informações do site MMAFighting junto com a polícia da cidade do Texas, o lutador e mais duas pessoas teriam participado da ação que aconteceu na noite da última segunda-feira (14). Uma pessoa armada teria entrado dentro do estabelecimento e começado a atirar até que o trio conseguisse derrubar o atirador e o desarmar.

LEIA TAMBÉM

+ Campeão do Bellator luta na guerra da Ucrânia e desabafa sobre situação

As identidades do suspeito e um dos envolvidos no caso não foram reveladas, mas as identidades de Holland e de outro dos que conseguiram impedir o tiroteio, Patrick Robinson, acabaram sendo ‘vazadas’, com este dando entrevista a um canal de TV.

– Estávamos comendo e, de repente, um cara chegou com uma arma. Todo mundo parou e começou a correr para debaixo das mesas. A gente o derrubou, conseguiu o dominar e o desarmamos e conseguimos também pegar a bolsa que ele tinha – disse Robinson à ABC13.

Kevin Holland não quis falar com a imprensa sobre o caso, mas o lutador do UFC postou em suas redes sociais mensagens fazendo referência ao caso. Numa delas, relatou o tiroteio e disse que estava bem e que não quis dar entrevistas sobre o caso. Em outra, relatou que não houve feridos. O suspeito já foi detido e está sob custódia policial.

Lutador evitou assalto a carro em outubro

Em outubro de 2022, Holland vivenciou um momento semelhante, em que também teve que parar um crime de acontecer. Neste caso, o roubo de um carro acontecido num estacionamento, no qual teve que perseguir o assaltante até este sofrer um acidente e o lutador do Ultimate conseguir dominá-lo antes da chegada da polícia.