Mancini analisa derrota do América-MG para o Inter e fala sobre possível interesse do Grêmio

Após oito jogos de invencibilidade, o Coelho foi derrotado, desta vez para o Internacional, por 3 a 1, em Porto Alegre. Segundo o comandante Vagner Mancini, que tem tido seu nome ligado ao Grêmio, o América-MG fez um bom primeiro tempo, mas não repetiu o ímpeto na etapa final.

Em entrevista coletiva após o jogo, concedida no Estádio Beira-Rio, o comandante deu sua versão para o revés sofrido pelo Alviverde no Sul do país.

– Um América melhor no primeiro tempo, Inter melhor no segundo tempo. Enquanto fomos melhores, até tivemos boas oportunidades e acabamos não fazendo os gols. O Inter, na segunda etapa, aproveitou melhor as chances que teve, e por isso o placar. Sinceramente, lamento, porque fizemos um tempo muito bom, onde poderíamos ter um aproveitamento muito bom em todos os sentidos. Fomos organizados, chegamos bem à frente, mas infelizmente, na segunda etapa, principalmente após o segundo gol, a equipe teve que se abrir, sentiu um pouco e levou o terceiro -, disse.

+Juninho exalta campanha do América-MG: ‘Estamos na briga pelo nosso objetivo’

Para Vagner Mancini, a queda de desempenho do América-MG na parte final do jogo não se deve à parte física, e sim às condições naturais que a partida reservou aos dois times.

– Não houve queda física. Houve queda natural de imposição da partida. O Inter, quando fez o segundo gol, abaixou as linhas e passou a jogar no contra-ataque. Enquanto estava empatado, o Inter se lançava à frente, o que não aconteceu depois. É natural que você tenha uma certa dificuldade, jogando fora de casa, com uma equipe que sai bem nos contra-ataques, que tem jogadores velozes, e isso acabou sendo fundamental dentro da estratégia do Inter -, analisou.

GRÊMIO?

Durante a tarde, o ge.globo noticiou que o nome de Vagner Mancini, técnico do América-MG, seria uma das opções para assumir o Grêmio, que está na zona de rebaixamento. O comandante desconversou sobre a situação.

– Eu sei da notícia pelo ge. Vi na hora que cheguei no estádio. Tenho pessoas que cuidam disso pra mim. Não tem como eu falar alguma coisa diferente disso. Estava focado na partida, soube da notícia dentro do vestiário -, revelou.

.