Matheus Galdezani rescinde com o Coritiba e cobra dívida milionária

O meio-campista Matheus Galdezani, de 29 anos, que pertencia ao Coritiba e estava emprestado ao Bahia, rescindiu nesta quinta-feira (21) seu contrato com o Verdão. Juntamente com rescisão na justiça, o jogador está cobrando uma dívida de cerca de R$2 milhões, alegando atrasos salarias, multas proporcionais a estes atrasos e também Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Na última quarta-feira (20), Galdezani foi dispensado do time bahiano por não estar correspondendo às expectativas e está livre no mercado para fechar com um novo clube. Sua última partida foi no dia 26 de setembro pelo Brasileirão Série A, quando entrou na segunda etapa da derrota contra o Internacional e participou dos 27′ finais.

Para saber tudo do Coritiba siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook

Com três passagens pelo time do Alto da Glória, o meia teve um bom início mas não conseguiu manter suas boas atuações. Sua primeira passagem foi em 2017 e atuou em 37 partidas, onde vez um ótimo campeonato e o presidente da época, Rogério Bacellar, o comprou junto ao Mirassol por R$3,5 milhões. Logo depois disso seu desempenho caiu muito. Em 2018 fez apenas seis jogos pelo Verdão e de volta em 2020 participou de 38 jogos. Ao todo entrou em campo com a camisa do Coxa 81 vezes e marcou apenas dois gols e deu três assistências.

+ Coritiba deve lucrar com possível venda de Raphael Veiga

Em 2018 Matheus foi emprestado ao Atlético-MG onde entrou em campo 24 vezes e balançou as redes apenas uma vez e deu uma assistência. No ano seguinte, em 2019, teve um novo empréstimo, dessa vez para o Internacional, onde sofreu uma lesão durante a pré temporada e não chegou a jogar pelo time gaúcho. Pelo Bahia este ano, participou de 25 jogos e não marcou nenhum gol e deu apenas uma assistência.