Mauricio Galiotte deixa a presidência do Palmeiras com 97 títulos conquistados

O dia 14 de dezembro foi o último de Mauricio Galiotte como presidente do Palmeiras, foram cinco anos divididos em dois mandatos, neste período o verdão conquistou 97 títulos sendo seis no profissional masculino, dois no profissional feminino e 89 nas categorias de base do clube. O agora ex-presidente foi homenageado na academia de futebol pelo treinador Abel Ferreira, alguns jogadores e todos os funcionários do centro de treinamento alviverde.

Considerado um dos melhores presidentes da história do Palmeiras, Galiotte não é elogiado apenas pelas conquistas, mas principalmente pela maneira como lidou com a pandemia da Covid-19. O verdão não demitiu nenhum funcionário durante o período, e ainda usou parte dos prêmios das Libertadores de 2020 e 2021 para pagar salários extras a todos os prestadores de serviços.

Para saber tudo sobre o Palmeiras siga Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

Mauricio cumprimentou todas as pessoas presentes em sua despedida na academia de futebol, aproveitou para fazer um discurso se mostrando satisfeito com o desempenho do Palmeiras durante seu comando.

– É uma felicidade imensa. Encerro o meu ciclo totalmente realizado. A nossa missão é proporcionar satisfação e alegria ao nosso torcedor. Nós conseguimos. Colocamos o Palmeiras no topo da América por duas vezes. É uma realização pessoal, como torcedor e como presidente-, disse Galiotte.

O goleiro Weverton representou todo o elenco ao presentear o ex-presidente com as luvas usadas na final da Libertadores de 2021, e aproveitou para agradecer o Galiotte por todo o apoio aos jogadores durante os anos.

-Quero falar em nome de todos os jogadores e deixar aqui o nosso ‘muito obrigado’. Te agradecemos por tudo, por sua postura, por seu carinho. E mesmo em um momento de adversidade, sempre esteve ao nosso lado, nos apoiando e nos incentivando-, afirmou o ídolo da torcida Weverton.

Nesta quarta-feira(15) a presidente eleita Leila Pereira assume oficialmente o comando do Palmeiras, Leila será a primeira mandataria mulher da história do clube. A presidente estará a frente do verdão nos anos de 2022/2023/2024, seu principal desafio será manter o alviverde paulista protagonista, equilibrado financeiramente e vencedor como tem sido desde 2015.