Morínigo exalta mental dos jogadores após vitória contra o Fluminense

Neste domingo (1) o Coritiba enfrentou a equipe do Fluminense no Couto Pereira pela quarta rodada do Brasileirão 2022. O Coxa estava perdendo por 2 a 0 e conseguiu buscar uma virada emocionante, Andrey e Léo Gamalhom(duas vezes) garantiram a vitória por 3 a 2 e o Coritiba na quinta colocação do campeonato.

+Fluminense abre dois de vantagem, mas Coritiba consegue virada no fim do jogo

Após a partida, o técnico Gustavo Morínigo deu a entrevista coletiva e falou sobre a vitória

Sobre as alterações do intervalo do jogo, Morínigo explicou sobre a saída do Biro para a entrada do Egídio

Foi tática, todas as mudanças foram táticas, por características, precisavamos de um homem mais de área como o Léo e organizador como o Robinho, para ter a bola novamente e poder fazer muito bem a função de atrair e elevar os laterais. O Egídio pela sua qualidade, técnica, o cruzamento nos precisamos dele nesse setor. Não tínhamos nada a perder então tínhamos que forcar. Eles trabalharam muito bem isso é o importante, seguir o plano e estão demostrando porque estão no primeiro time.

Para saber tudo do Coritiba, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook. E se inscreva no nosso YouTube!

Perguntado se os adversários passaram a enxergar o Coritiba de outra maneira após grandes jogos, Morínigo respondeu:

Não sei, na verdade, a nossa maneira de jogar, já estamos fazendo a muito tempo, com alguns erros, alguns jogos que perdemos, não ganhamos e vamos aprendendo isso cada dia sobre . A primeira derrota que um jogador, treinador tem é mental, então esse é o primeiro lugar que temos que ganhar, acreditar, trabalhar e depois fazer no campo. Então a mentalidade pesa muito e estão trabalhando bem.

 O próximo adversário do Coxa é o Avaí na Ressacada na próxima segunda-feira (9).