Na bronca com a arbitragem, Eduardo Souza lamenta derrota do Atlético-GO em casa; ‘Fomos envolvidos’

Não foi dessa vez que o Atlético Goianiense voltou a vencer no estádio Antônio Accioly. Há dez jogos sem triunfar no Castelo do Dragão, o rubro-negro perdeu mais uma jogando em Goiânia. Dessa vez com torcida, o revés foi para o Athletico, por 2 a 0, pela 24ª rodada do Brasileirão. Após a partida, o técnico interino Eduardo Souza concedeu entrevista coletiva, onde criticou a arbitragem, mas reconheceu que sua equipe teve desempenho abaixo do esperado.

+ Para saber tudo sobre o Atlético-GO, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook!

Concordo que alguns jogadores estiveram abaixo, principalmente no primeiro tempo. Eles mesmos sabem disso. Não há como esconder. Tanto tecnicamente como na transição. No segundo tempo, fomos envolvidos em alguns momentos porque tiramos um volante e tentamos encurralar o Athletico-PR. São riscos. Para você ter coragem, às vezes se paga o preço. Do contrário, seríamos um time burocrático, ficando atrás da linha da bola mesmo perdendo o jogo.

A principal reclamação com o árbitro, por parte do técnico do Dragão, foi a não expulsão de Terans, do Athletico, que já tinha amarelo e cometeu infração. O jogador acabaria fazendo o segundo gol da equipe paranaense. Eduardo também destacou que a equipe se preparou bem, mas que os erros técnicos durante a partida custaram caro.

Nosso pré-jogo foi melhor do que contra o Fortaleza. O que aconteceu é que tivemos muitos erros técnicos. Agora é recuperar. Sabemos que teríamos vários jogos em sequência. Vamos ter que ver quem tem as melhores condições para iniciar a partida contra o Fluminense. É tentar fazer um grande jogo lá. O resultado a gente não controla, o que podemos controlar é o desempenho – disse o técnico do Dragão.

LEIA MAIS | Semana do Atlético-GO teve passeio fora de casa, interino no comando, preparação para a volta da torcida e mais; Veja os destaques

Com a derrota, o Atlético-GO caiu para a décima primeira posição na tabela do Brasileirão, com 30 pontos, mas com um jogo adiado. O rubro-negro goiano volta a campo no próximo sábado (9), às 16h30, para enfrentar o Fluminense, no Maracanã.