No primeiro jogo após a final da Libertadores, torcida do Flamengo dá show, mas faz cobranças e pede Jorge Jesus

Na noite da última terça-feira (30), o Flamengo derrotou o Ceará por 2×1, com gols de Gabigol e Matheuzinho, e deu uma resposta ao seu torcedor, após a perda do título da Libertadores três dias atrás. A torcida rubro-negra, aliás, demonstrou apoio irrestrito ao time do coração e apoiou bastante no Maracanã, sem deixar de protestar em alguns momentos.

Jogadores como Diego Alves e Andreas Pereira, muito criticados depois de falhas no confronto contra o Palmeiras, receberam um misto de vaias e aplausos quando tiveram seus nomes anunciados. No caso do meio-campista, um cartaz, escrito “Andreas, está tudo bem”, chamou a atenção e viralizou na internet.

Durante os 90 minutos, a torcida empurrou o Flamengo dentro de campo, e a equipe abriu o placar logo no início, com Gabigol. Ainda abalado pelo último fim de semana, o rubro-negro caiu de rendimento durante um período e viu o Ceará empatar. Contudo, o time manteve o ímpeto ofensivo e conseguiu a vitória com um belo chute de Matheuzinho. O título brasileiro segue improvável, mas as chances matemáticas permanecem.

Aos gritos de “Mister”, a torcida do Flamengo também aproveitou para pedir Jorge Jesus, herói nas conquistas de 2019. No momento, não existe qualquer especulação sobre uma possível vinda do português, que atualmente comanda o Benfica. Ademais, Renato Gaúcho, que deixou o clube nesta semana, sofreu xingamentos e críticas vindos da arquibancada.

No fim da partida, os jogadores se reuniram no gramado para aplaudir a torcida rubro-negra, selando a paz para os últimos jogos da temporada. O Flamengo volta a campo na próxima sexta-feira (3), contra o já rebaixado Sport, ás 20h. O confronto, válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, será disputado na Arena de Pernambuco.