Palmeiras passa a ser o brasileiro com mais títulos, finais, vitórias, gols e participações em Libertadores

O Palmeiras venceu o Flamengo por 2 a 1 neste sábado (27) e conquistou pela terceira vez a Taça Libertadores da América. Com o resultado obtido no Estádio Centenário, no Uruguai, o clube passa ser ainda mais soberano no Brasil quando o assunto é a competição continental. No quesito títulos, já é o mais que venceu, ao lado de São Paulo, Santos e Grêmio.

São 21 participações na competição, recorde entre clubes brasileiros, ao lado de São Paulo e Grêmio. Agora, já classificado para a edição de 2022 e com os rivais devendo ficar de fora, pode-se isolar na ponta. Além disso, o Verdão é o clube do país com mais jogos, vitórias, finais e mais gols na história do torneio.

Nesta noite, na capital uruguaia, a equipe de Abel Ferreira ganhou a 117ª partida do clube no torneio sul-americano. Agora, são 210 confrontos disputados, com 392 bolas na rede. Como mandante, são 233 e como visitante, 156. Foi a sexta decisão disputada, empatando com o São Paulo como recordista. Ambos possuem 50% de aproveitamento (3 títulos, 3 vices).

E os recordes não param por aí, já que o time sustenta uma sequência de 15 jogos sem perder como visitante na Libertadores. Nenhum time conseguiu uma sequência igual ou superior a essa, que pode ser ampliada em 2022. Aliás, o Palmeiras é a primeira equipe a vencer o principal torneio de clubes da América do Sul duas vezes em um mesmo ano.

+Palmeiras provoca o Flamengo após título: ‘Está sentindo esse cheiro?’

Agora, é a vez do Alviverde tentar ampliar a sua lista de troféus internacionais. Neste ano, a equipe foi derrotada na Recopa Sul-americana pelo Defensa y Justicia (ARG), nos pênaltis. Desta vez, o rival será o Athletico-PR, campeão da Copa Sul-americana. Caso vença, este seria o sexto título internacional da sua história. Além disso, em fevereiro, Raphael Veiga e companhia disputarão o Mundial de Clubes.

Para saber tudo sobre o Palmeiras, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

A dúvida que fica é se o técnico Abel Ferreira estará presente nestas competições. Após o título deste sábado, Abel declarou estar no seu “limite” físico e mental e que vai parar para refletir se continua ou não no Brasil. “O clube já demonstrou sua vontade, mas eu tenho de fazer uma reflexão com a minha família”, afirmou.