Pedro Castro destaca força da torcida do Cruzeiro e revela intensidade de treinos de Pezzolano

O meia Pedro Castro, de 28 anos, esteve no Botafogo na temporada passada, sendo campeão da Série B e alcançando o acesso com a equipe carioca. Porém, mesmo com a opção de permanecer no alvinegro do Rio, o atleta se transferiu ao Cruzeiro para disputar mais uma vez a segunda divisão nacional e ajudar a Raposa a buscar o retorno à elite nacional. Entre os motivos para a escolha, a “força da torcida” fez diferença, segundo o jogador.

Em entrevista coletiva concedida nessa sexta-feira (7), Pedro Castro mostrou alegria em vestir a camisa do Cruzeiro e disse já ter a experiência de ver a torcida do Cruzeiro, inclusive sentindo a pressão de jogar contra. Ainda, realizar o sonho do pai cruzeirense contou bastante na escolha do agora meia cruzeirense.

Veja também: Torcedores do Cruzeiro espalham faixas de protesto contra nova gestão e apoio a Fábio em frente a Toca da Raposa II

– Realmente eu tive a oportunidade de permanecer no Botafogo, mas optei por vir para o Cruzeiro. Me sinto muito honrado de poder estar aqui vestindo essa camisa, e tem vários motivos que me motivaram estar aqui. Um deles é sem dúvida a força da torcida. Eu pude acompanhar, já pude jogar contra quando tinha torcida nos estádios e sei o quanto essa torcida ajuda quando está junto com o time, empurra e pressiona os adversários. Estou muito feliz de estar aqui. Também tem motivos pessoais, meu pai é cruzeirense e hoje estar podendo vestir a camisa do Cruzeiro e meu pai estar assistindo é motivo de muito orgulho para mim. Espero poder honrar essa camisa da melhor forma possível e dar alegrias aos torcedores e ao meu pai e familiares que também são cruzeirenses.

2022 A TODO VAPOR!

E Pedro Castro já se encontra treinando com a equipe. A pré-temporada cruzeirense já começou e os trabalhos estão a todo vapor na Toca da Raposa com o novo treinador Paulo Pezzolano. E, conforme o meia celeste, intensidade é o que não falta, já que jogar para frente é quase palavra de ordem nos treinos.

– É um treinador que cobra bastante intensidade. Tem demonstrado isso, a forma que ele gosta de jogar, tem passado uns vídeos para gente, e a gente tem que assimilar isso o mais rápido possível. É uma forma interessante de trabalhar, ele cobra intensidade, força para ir para frente e acredito que isso vai dar certo durante a temporada e vamos conquistar nosso objetivo –, afirma Pedro Castro.

Veja também: Cruzeiro comunica pagamentos de 13º e salários de dezembro sem ajuda de Ronaldo

Pedro Castro chega ao Cruzeiro para brigar por uma vaga no meio de campo, setor em que o Cruzeiro tem muitas peças. No ano passado, as vagas ficaram com Adriano e Lucas Ventura na reta final da Série B. E o novo jogador da Raposa sabe da briga por uma vaga na equipe. Mas, destaca que não vê problema em atuar em outras áreas do campo.

– Já joguei em várias posições ali no meio de campo, inclusive na última equipe que eu passei, no Botafogo joguei um pouco mais recuado, eu costumo jogar de segundo volante ali, tendo a oportunidade de entrar na área, de ser o elemento surpresa, mas contribuo muito para equipe na parte defensiva, estou aqui para ajudar independe da posição que o professor optar para me colocar na equipe vou estar aqui para ajudar meus companheiros.

O Cruzeiro se prepara para estrear no Campeonato Mineiro. O Estadual tem início previsto para 26 de janeiro. Saiba mais sobre os direitos de transmissão do campeonato em: Globo compra direitos de transmissão do Campeonato Mineiro até 2023.

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.