Pela Série B, Sampaio abre vantagem sobre o Brusque, mas cede empate

Sampaio Corrêa e Brusque mediram forças nesta terça-feira (21) em jogo válido pela 25ª rodada do Brasileirão Série B, no estádio Castelão. O tricolor maranhense chegou a fazer 2 a 0, com Luiz Gustavo e Jakcson, que marcou um golaço, mas tomou o empate no segundo tempo com os visitantes marcando duas vezes com Edu.

Com o resultado, o Sampaio se mantém na sétima colocação, tendo agora 36 pontos, enquanto o Brusque permanece na 14ª, com 29.

SAMPAIO FULMINANTE

Em casa e querendo recuperar o caminho das vitórias, o Sampaio tratou de pressionar o Brusque. Porém, se engana quem pensa que a Bolívia Querida não tomou alguns sustos. Aos 13 minutos, o Brusque acertou a trave do tricolor maranhense, quando Claudinho cabeceou bola que foi defendida por Mota e tocou o travessão. A resposta dos donos da casa veio com Pimentinha, que também acertaria a trave aos 22 minutos, após fazer boa jogada individual e finalizar bem.

A bola de Pimentinha na trave serviu como prelúdio para o gol que viria em seguida, já que quatro minutos depois, o Sampaio, ainda pressionando, abriria o placar com Luiz Gustavo. O lateral recebeu boa bola de Pimentinha na entrada da área e acertou chute forte para abrir o placar para o tubarão. Não satisfeito com o placar mínimo, Jackson tratou de ampliar o marcador aos 45, no fim do primeiro tempo. O atacante, na linha de fundo, girou em cima do marcador e, sem ângulo, bateu de trivela e fez um golaço.

+ Para se ligar nas notícias Série B, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook.

Quanto ao Brusque, no primeiro tempo, além da bola da trave, houve também um gol anulado pela arbitragem, aos 32, por conta de um impedimento do atacante Edu.

UM BRUSQUE DIFERENTE

Se o primeiro tempo foi de domínio do Sampaio, da segunda etapa não se pode dizer o mesmo. O Brusque não dominou o jogo como fez o tricolor na primeira parte da partida, mas foi eficiente e conseguiu igualar o placar, além de anular as ações ofensivas do adversário em alguns momentos.

O time catarinense teve o atacante Edu como principal arma. Aos 7 minutos, o centrovante quase fez o primeiro do Brusque, quando, dentro da área, deu chute perigoso que foi defendido por Mota. O meia Garcez, aos 21, também tentou deixar o dele, quando finalizou de peito e mandou pra fora.

Aos 14 minutos, o gol do Brusque, enfim, saiu. Edu, bem posicionado na área, recebeu cruzamento de Airton e cabeceou para diminuir para o time de Santa Catarina.

O empate também não demorou e veio aos 30 minutos. Edu, mais uma vez, converteu pênalti sofrido por Garcez e deixou tudo igual no marcador. A reação do Brusque foi tão intensa que o quadricolor quase virou o jogo em duas oportunidades, ambas com Jhon Cley. Aos 39, o meia, que entrou no segundo tempo, chutou de longe e obrigou o goleiro do Sampaio a espalmar para escanteio; e pouco depois, aos 44, recebeu de Garcez na área e bateu de primeira pra fora.

O Sampaio não foi nulo e teve lances interessantes no segundo tempo, sendo os principais momentos do tubarão criados por Jean Silva. Aos 38 minutos, o atacante aproveitou rebote na área para chutar colocado, mas mandou para fora. Depois, aos 41, quase desempatou a partida após receber de Pimentinha e tentar chute colocado, mas novamente não acertou a meta do goleiro Zé Carlos.

Fotos: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC

AGENDA

O Sampaio volta a campo no domingo (26), quando vai até o Rio de Janeiro enfrentar o Botafogo no Nilton Santos, às 18h15. O Brusque joga antes, na sexta-feira (24), contra o Vasco, no Augusto Bauer.