Portugal vence com destaque para brasileiros e avança na repescagem

A seleção portuguesa encarou a Turquia, nesta quinta-feira (24), no estádio do Dragão, no Porto, buscando dar o primeiro passo em busca de uma vaga na Copa do Mundo através da respescagem europeia. Brasileiros naturalizados portugueses, Otávio e Matheus Nunes conseguiram grande destaque na construção do placar de 3 a 1. O primeiro marcou um e deu uma assistência, enquanto o outro completou o placar.

Atuando em casa, Portugal partiu para cima logo nos primeiros minutos e dominava amplamente as ações ofensivas, enquanto a Turquia tentava surpreender em contra-ataque. Aos oito veio a primeira finalização portuguesa. Diogo Dalot foi lançado por Bernardo Silva pela direita e tocou rasteiro, Cristiano Ronaldo finalizou de primeira, mas mandou por cima.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Dois minutos depois, Otáveio recuperou bola no ataque e foi derrubado. Na cobrança da falta, Bruno Fernandes cruzou para Diogo Jota, que finalizou na pequena área, mas jogou pra fora. Até que aos 14 veio o primeiro gol. Em jogada pelo meio após Cristiano Ronaldo buscar Diogo Jota, a bola sobrou para Bernardo Silva, que bateu de fora da área, mas mandou na trave. No rebote, Otávio, quase sem ângulo, finalizou e abriu o placar: Portugal 1 a 0.

Após sofrer o gol, a seleção da Turquia tentou iniciar uma pressão à saída de bola portuguesa e isso deu resultado em duas oportunidades. Na primeira, Under tentou o chute de fora da área e o goleiro Diogo Costa fez a defesa. Na outra, Yilmaz arriscou de perna esquerda, mas mandou pra fora. Os turcos ainda tiveram outra boa oportunidade em cabeçada de Kutlu, que mandou pra fora.

Já nos minutos finais do primeiro tempo, aos 41, Portugal ampliou o placar. Em mais uma boa troca de passes, Cristiano Ronaldo iniciou com um toque de letra, achou Bernardo Silva que tocou para Otávio. O jogador do Porto cruzou na medida para a área e encontrou Diogo Costa, que cabeceou no canto direito e ampliou para dar números finais ao primeiro tempo: 2 a 0.

Turquia pressiona e desperdiça pênalti no segundo tempo

Na volta para o segundo tempo, Portugal criou a primeira oportunidade, quando Bernardo Silva bateu de fora da área e parou na defesa do goleiro turco. A Turquia respondeu pouco depois em finalização cruzada de Yilmaz, mas Diogo Costa defendeu. Antes mesmo dos cinco minutos, Diogo Jota recuperou no ataque e, no momento da finalização, o zagueiro Kabak fez o corte.

Aos dez minutos, após lançamento do goleiro Diogo Costa, o atacante Diogo Jota ganhou do goleiro turco, que saiu da área, mas finalizou por cima. Aos 20 minutos, em boa jogada de ataque, Under achou um grande passe para Yilmaz, que saiu de frente para o goleiro Diogo Costa e deu apenas um toque para descontar o placar: 2 a 1.

Logo após o gol, a Turquia fez sua primeira alteração, com a entrada de Unal. Na seleção portuguesa, João Félix substituiu Diogo Jota. O terceiro gol português quase saiu em jogada de esforço de Raphael Guerreiro, que evitou a saída da bola e cruzou na medida para Otávio, que cabeceou pra fora. Faltando dez minutos para o final, o técnico Fernando Santos resolveu mandar a campo William Carvalho, que substituiu Bruno Fernandes.

Pouco depois, Unal tentou jogada no ataque, deu um toque na bola, mas José Fonte chegou atrasado de chutou o pé do atacante turco. Na revisão pelo VAR, o pênalti foi marcado. Na cobrança, Yilmaz bateu de pé direito e mandou por cima a chance do empate. Portugal fez mais mexidas para o final e mandou a campo Nuno Mendes, Matheus Nunes e Rafael Leão.

O outro brasileiro do time matou o jogo já nos acréscimos. Em grande lançamento pela esquerda, Rafael Leão lançou com categoria para Matheus Nunes. O jogador saiu de cara com o goleiro turco e deu um toque na saída para marcar o terceiro e carimbar a classificação da seleção portuguesa: 3 a 1. No último lance do jogo, Cristiano Ronaldo ainda carimbou o travessão.

Com a classificação, a seleção portuguesa vai agora enfrentar a Macedônia do Norte, na próxima terça-feira (29), às 15h45 (de Brasília), novamente no estádio do Dragão. A partida é um confronto direto por vaga na Copa do Mundo do Catar. Quem vencer, se garante no próximo Mundial da Fifa.