Possível retorno de Andrey ao time titular do Vasco deixa dúvidas para a escalação contra o Coritiba

Recuperado de lesão muscular, o volante Andrey deve estar à disposição do técnico Fernando Diniz, no próximo sábado, quando o Vasco recebe o Coritiba, em São Januário. Até se lesionar na partida contra o Goiás o jogador de 23 anos vinha sendo um dos destaques no meio-campo de Diniz. O aumento de opções é uma boa notícia para técnico, mas, ao mesmo tempo, deixa uma ‘dor de cabeça boa’ sobre quem sacar da equipe. Bruno Gomes e Gabriel Pec são os nomes mais cotados, mas o atual comandante vascaíno gosta de surpreender os adversários.

Na última partida de Andrey, contra o Goiás, o volante teve uma das melhores atuações com a camisa vascaína e coincidentemente o Vasco fez um dos melhores primeiros tempos na Série B. Na ocasião, Andrey formou a dupla de volantes com Bruno Gomes, com Marquinhos Gabriel e Nenê atuando mais adiantados e Cano e Morato no ataque. Se optar por essa formação, Diniz deve sacar Gabriel Pec.

Caso o sacrificado seja Bruno Gomes, com Pec mantido no time titular, Marquinhos Gabriel atuaria mais recuado e Nenê mais próximos dos atacantes. Contra o Sampaio Corrêa, essa formação funcionou bem na primeira etapa, em especial pelo lado esquerdo, com Riquelme articulando bem com Nenê e Pec.

Para saber tudo sobre o Vasco siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Uma possível saída de Marquinhos Gabriel parece descartada, pela fala de Diniz após a derrota no Castelão.

– É um jogador que se enquadra bem daquilo que quero do jogo e acho que tem muito a oferecer ao Vasco. Antes da minha chegada, eu não sei como o Marquinhos estava, mas depois da minha chegada é um jogador que produz bem. Essa é minha opinião. Por isso ele joga. E quase em todas as partidas tem jogado os 90 minutos – disse Diniz, após a partida contra o Sampaio Corrêa.

A dúvida vai permanecer no ar até sábado, quando o Vasco encara o líder da competição, às 16h30 (de Brasília). O Cruz-Maltino tem 43 pontos e ocupa a oitava colocação, a cinco pontos do G-4. O Coxa tem 54 pontos e mantém a liderança isolada. A partida pela 30ª rodada, portanto, é mais uma decisão para o time carioca, em busco do sonhado acesso.