Primeira vitória de Federer na ATP completa 23 anos

30 de setembro de 1998, essa data está marcada na história do tênis como a estreia de um certo jovem chamado Roger Federer em um torneio da ATP. Aos 17 anos, o suíço havia vencido em partidas menos apenas, similares aos Futures atualmente, e ganhou um wildcard para participar do qualifying em Toulose, passou por três concorrentes e se classificou para chave principal. Na estreia derrubou o francês Guillaume Raoux, #45 do ranking à época, por 2 sets a 0 com duplo 6/2.

Federer ocupava a 878ª posição quando participou do torneio em Toulose e já tinha mostrado um pouco do seu potencial com o título de Wimbledon e o vice no US Open na categoria júnior. Recebendo o convite pela organização para disputar a fase qualificatória do campeonato, o Maestro passou por cima do argentino Marcello Wowk, o alemão Alex Radulescu e o francês Olivier Delaitre.

Leia Mais https://esportenewsmundo.com.br/rafael-nadal-e-roger-federer-em-duplas-laver-cup-2022/

A cinderela da competição continuou com atuações fantásticas, perdeu apenas quatro games para um adversário que estava no top 20 e na partida seguinte bateu o australiano Richard Fromberg, #43 do ranking em 1998, por outro 2 sets a 0 parciais de 6/1 e 7/6. Federer foi parado nas quartas de final quando para o holandês Jan Siemerink por 7/6 (5) e 6/2, que estava no top 10 e foi o virtual campeão.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook. E inscreva-se no nosso YouTube!

Com o resultado em Toulose, Federer subiu 482 posição e chegou a 396ª colocação do ranking. Um ano depois, já integrava o top 100. Seu primeiro Majors veio cinco temporadas depois, no All-England Club, e ainda são mais 19 para a conta.

Após a primeira vitória no sul da França, o suíço venceu 1250 na carreira. E está a incríveis cinco conquistas de igualar outra lenda do tênis, Jimmy Connors, com o maior número de partidas vencidas na ATP com 1256, o que poderá ser feito já em 2022 já que Federer está fora das quadras devido a uma lesão no joelho que o fez passar por nova cirurgia.